Inspiração Arouca

Hoje é sexta-feira e o A Cor da Casa se inspira na cidade de Arouca, em Portugal ao sul do Porto. Com suas igrejas branquinhas e praça principal com lindos ladrilhos, ela já era conhecida por sua beleza. 

E graças a inauguração da 516 Arouca, a ponte suspensa para pedestres mais comprida do mundo, entrou de vez para o roteiro turístico de quem visita a terrinha. Com 516 metros de comprimento e uma elevação de 175 metros, a ponte faz a ligação entre as margens do Rio Paiva – que é um ponto turístico famoso pelo rafting. Atenção: a emoção é para os fortes! São dez emocionantes minutos para atravessar a ponte, haja coração…!

 

 

E de quebra, enquanto o visitante percorre a ponte, tem uma vista deslumbrante sobre a Garganta do Paiva e a Cascata das Aguieiras, ambos pertencentes do UNESCO Arouca Geopark. Lá, também vale a pena visitar o Mosteiro de Arouca, que é um museu imperdível de arte sacra e é uma das maiores construções em granito de Portugal.

 

 

E para quem gosta de aventura, sugere-se aproveitar a ida para fazer a caminhada de 8km pelos Passadiços do Paiva. Só assim é possível atravessar aquela que foi, desde sempre, a área mais remota e inóspita do vale: a Garganta do Paiva. Guardião de uma Biodiversidade singular, este vale encantado esconde ainda muitas histórias relativas à sua formação geológica e importância geográfica que teve na ocupação humana deste território ao longo dos tempos.

 Passadiços do Paiva / Foto: Nelson Garrido

Os moradores esperam que a atração, que custou cerca de 2,8 milhões de dólares e levou cerca de dois anos para ser erguida, ajude a ressuscitar a região, especialmente após a pandemia devastadora de Covid-19.

Curiosidade, a ponte tem um…site! Não deixe de visitar o site (que é bem legal) da maior ponte suspensa para pedestres do mundo!