Beleza Rara

Hoje é dia de desacelerar e nos inspirarmos para as belezas que o final de semana nos proporciona. E o A Cor da Casa busca inspiração no Sítio Roberto Burle Marx, que passou a integrar a Lista do Patrimônio Mundial, da UNESCO. O sítio é um laboratório de experimentações botânicas e paisagísticas que sintetiza a obra de Burle Marx, que criou o conceito de jardim tropical moderno. “Deus, para mim, é a natureza,” dizia o grande paisagista.

 

Com a nova inclusão, o Brasil passa a ter 23 bens inscritos na Lista do Patrimônio Mundial, registro dos bens considerados como portadores de valor universal excepcional para a cultura da humanidade. O Sítio foi reconhecido na categoria de Paisagem Cultural, na qual se enquadram bens que referenciam a interação entre o ambiente natural e as atividades humanas, resultando em uma paisagem natural modificada. 

Localizado na Barra de Guaratiba, o Sítio é uma unidade especial do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia federal vinculada à Secretaria Especial da Cultura e ao Ministério do Turismo. O espaço de 407 mil metros quadrados de área florestal abriga uma coleção com mais de 3.500 espécies de plantas, algumas ameaçadas de extinção ou já desaparecidas em seus países de origem, e muitas raras ou exóticas.

Com a inclusão na Lista, cria-se também um compromisso internacional de preservação do local. Um dos próximos passos será a formalização de um plano de gestão para o Sítio e seu entorno, envolvendo diversas instituições governamentais e atores da sociedade civil. O plano mapeará riscos e apontará ações para minimizar possíveis ameaças ao valor universal excepcional do Sítio Roberto Burle Marx.

O A Cor da Casa fortemente indica uma visita ao Sítio Roberto Burle Marx, que fica na Estrada Roberto Burle Marx 2019, em Barra de Guaratiba, Rio de Janeiro. Para mais informações sobre visitação, acesse o site (http://sitiorobertoburlemarx.org.br/). Visitas guiadas podem ser agendadas pelo email: visitas.srbm@iphan.gov.br