Milão: o retorno

Os milaneses estão em festa. E o motivo não é só a vitória da Itália contra a Inglaterra na final da Eurocopa, mas também pela confirmação do retorno do Salone del Mobile e da Milano Design Week, de 5 a 10 de setembro deste ano. Sim, a feira de Milão acontecerá depois de um hiato de 18 meses devido a pandemia da Covid-19. Sem a feira e todos os acontecimentos fomentados por ela, a cidade sofre, e com isso, toda a população também. Não só pelo turismo, mas pela indústria inteira do design. Por isso a retomada está sendo muitíssimo comemorada Milão a fora. 

E para comemorar esse retorno triunfal, o Salone del Mobile terá uma edição especialíssima. Com curadoria do arquiteto milanês Stefano Boeri, o evento de 2021 se chamará “Supersalone”. A disposição dos pavilhões será temática e cenográfica, e as empresas presentes apresentarão suas melhores criações dos últimos 18 meses – e não apenas os lançamentos como é de praxe. Tudo isso para dar conta das novidades lançadas também durante a pandemia e que não puderam ser expostas no ano passado. Outra novidade importante é que alguns dos produtos poderão ser comprados ali mesmo, on the spot. Algo que jamais foi possível na feira. 

Boeri também anunciou um adendo importante à feira, uma oportunidade para designers emergentes. Chamado “The Lost Graduation Show”, a iniciativa oferece a estudantes de escolas de design do mundo inteiro a chance de expor seus projetos de conclusão de curso para o público do Salone. Afinal, quem se formou recentemente, durante a pandemia, perdeu a oportunidade de exibir suas criações. Alguns poucos projetos serão selecionados de mais de 300 instituições de design internacionais. Buona fortuna!

Em paralelo, o Fuori Salone acontece como sempre ocorreu, no entorno da feira, com milhões de eventos, palestras, mostras, performances e intervenções artísticas nos mais diversos bairros milaneses. Mais para frente você descobrirá os highlights dessa mostra a céu aberto aqui no A Cor da Casa. Acompanhe!