Arte e Solidariedade

Começamos a semana compartilhando uma notícia maravilhosa para o Rio de Janeiro. (E olha que estamos precisando de boas notícias, não é mesmo?) A partir desta quinta-feira, o Museu Nacional de Belas Artes do Rio (MNBA), que está fechado durante a pandemia, vai reabrir com um novo propósito. Será um lugar para efetuar testes do novo coronavírus gratuitamente para a população de baixa renda carioca. A ideia genial – batizada de Campo – é do artista plástico ítalo-brasileiro Lucio Salvatore. Inicialmente serão trinta beneficiados que precisam se inscrever pelo e-mail info@artecontinua.com

Lucio projetou esta ação para que promovesse alguma transformação social e quis se colocar a serviço do outro neste momento tão delicado de preocupação com a saúde no Rio. Ele acredita que a transformação social acontece através da transformação pessoal, que boa parte de nós está vivendo nestes dias e meses, mas também acontece através da transformação institucional. Por isso o projeto de transformar o Museu em um lugar de acolhimento e de cura.

“Para mim arte é cura e espero que o meu trabalho possa servir o outro, ser útil no momento em que o vírus está se espalhando entre nós, criando angústia e medo, sobretudo na faixa da população mais fragilizada. A pandemia remarcou o fato que a saúde é um bem coletivo, assim como a cultura e acredito no esforço de todos, numa resposta coletiva,” explica o artista. 

A localização do Museu e suas características arquitetônico-urbanísticas, o fato de ser acessível a pé do centro, com uma entrada com área externa espaçosa, arejada e ao mesmo tempo protegida são ideais para criação de um lugar acessível e seguro para realização dos testes. Caso o evento tenha êxito positivo serão comunicados sucessivamente outros chamados previstos com cadência semanal durante um mês.

Viva!