2020 e o Design

O ano de 2020 foi difícil, triste e complicado. Mas se tem uma coisa que ele estimulou foi a nossa criatividade. Ao nos depararmos com a impossibilidade de encontrar, socializar e abraçar, a cabeça deu até um tilt muitas vezes. E os designers, mundo afora, botaram pra quebrar pensando formas de aproximar pessoas e criar ambientes seguros nesse momento delicado. Tantas soluções criativas surgiram desse brainstorming global, que a revista digital Dezeen resolveu publicar uma lista com os designs que estimulam distanciamento social favoritos do ano. E o A Cor da Casa aproveita a onda para mostrar os cinco que mais gostamos dessa lista cheia de imaginação. São criações que certamente marcaram uma época. Confira!

Quem não se encantou ao ver esses círculos graciosos em parques nova iorquinos durante a primavera e o verão? Foi assim que a turma de lá pode voltar a frequentar parques mantendo uma distância segura (de 2 metros) de outros frequentadores. O primeiro a adotar foi o Domino Park, no bairro de Williamsburg, no Brooklyn. E como quase tudo nesse mundo, a moda que começou em NYC se espalhou rapidamente por outros parques e praias do planeta. 

Também em Nova York, outros círculos encantaram o mundo. Mas dessa vez, bem menores do que os da imagem anterior! São as MIL bolinhas verdes pintadas pela designer gráfica Paula Scher – cada uma com dois metros de distância da outra – no High Line. A intervenção aconteceu em julho assim que a atração turística reabriu para pedestres, cobrindo o espaço todo com as simpáticas bolinhas. Em cima de bancos, espreguiçadeiras e no chão, elas servem como um lembrete da distância necessária entre cada frequentador. 

Vamos para outra capital mundial agora: Londres. Por lá, a empresa UNIT Fabrications criou uma série de tapadeiras móveis para uso dentro de escolas. A primeira escola a adotar foi a Charles Dickens Primary School, em Londres. Coloridas e divertidas, elas impedem contato entre alunos criando divisórias e possibilitou que as aulas acontecessem sem interrupções, apesar da pandemia. 

Ainda falando de ideias brilhantes inglesas, que tal um piquenique com distanciamento seguro? Afinal, é difícil um inglês que não adore essa atividade quando a temperatura externa permite! O designer Paul Cocksedge criou uma toalha de piquenique em formato de sol, ampla o suficiente para que cada pessoa possa se sentar em um “raio solar” diferente. E assim, poder confraternizar sem grandes preocupações. O mais legal é que ele disponibilizou o design do produto no site de sua empresa para que qualquer pessoa pudesse fazer o download e produzir um igual. Um grande viva a ele!

Last but not least temos essa criação do Object Studio, da Holanda. Um grupo de jovens designers criaram um banquinho que permite que duas pessoas se sentem nele respeitando o distanciamento social. Leve e prático, ele pode ser levado pra cima e pra baixo permitindo encontros sociais de duplas com segurança.