Interiores: Bianca da Hora

Apresentamos hoje o 27º episódio do projeto “Interiores”.  A cada semana, destacamos em nossas redes sociais posts com arquitetos, decoradores e paisagistas convidados e exploramos o universo interior desses profissionais que ajudaram a escrever a história dos 30 anos da CASACOR Rio. A convidada de hoje é Bianca da Hora, que dividiu conosco ideias sobre o “morar”, inspirações, referências e processos de trabalho.

Bianca comanda há dez anos o escritório Da Hora Arquitetura,  de onde já saíram mais de 100 projetos, tanto residenciais como comerciais, para clientes predominantemente do eixo Rio-São Paulo. Desde 2011, participa ativamente da CASACOR Rio, evento que ela descreve como a “fashion week da decoração”. 

A arquiteta é dona de um estilo “contemporâneo atemporal” e se inspira não só em revistas, sites, blogs e Instagrams internacionais, mas também em suas frequentes visitas à feiras como Art Basel Miami e Feira de Milão. “E, não poderia faltar, viagens, muitas viagens! Incluindo visitas a museus e exposições mundo afora, com direito a imersões em outras culturas. Tudo isso nos abre a cabeça para receber o novo e o inesperado e repensar nossos padrões,” conta com entusiasmo.

Bianca acredita que o maior desafio de um arquiteto está em adequar sua linguagem estética preferida ao universo particular do cliente. “Seja inserindo peças de valor afetivo no projeto, objetos de desejo ou adotando uma paleta de cores de sua preferência,” explica.

Para ela, a etapa mais gratificante de um projeto é a finalização.  Segundo ela, é o momento em que a casa passa a ter cara de lar. “Ver a felicidade do cliente ao ter um sonho realizado e saber que naquele momento começa um novo capítulo de sua história, não tem preço.”

Com a pandemia, a arquiteta enxerga uma grande busca por pertencimento ao espaço de forma que a casa reflita a personalidade do cliente. “As pessoas transformaram suas casas numa espécie de ninho. Cada vez mais vão estar se voltando para dentro delas!” explica.  “O morar hoje também precisa ser prático e funcional, fácil de manter, porque a falta de tempo e a correria do dia a dia demandam isso. Os ambientes estão mais integrados e fluidos, menos demarcados, como que estimulando o convívio e a confraternização indoors.”

   

Uma outra importante tendência que ela detecta são imóveis com varandas que suavizam a sensação de confinamento das pessoas. “As plantas passam a ocupar também cada vez mais espaço em casa porque nos reconectam com a natureza, aumentando a sensação de bem estar.”

Na próxima terça-feira, 8 de dezembro, Bianca da Hora será entrevistada por Patricia Mayer, jornalista e sócia da 3Plus, às 19h no nosso Instagram @acordacasa. A entrevista ficará salva no IGTV logo em seguida da Live. Não perca!