Inspiração: Saype

Já ouviu falar do Saype? É uma artista francês conhecido por esse apelido simpático e cujo verdadeiro nome é Guillaume Legros. Autodidata, é conhecido mundialmente pelos trabalhos de arte que faz sobre a grama, usando um tipo de tinta sustentável que ele mesmo inventou a partir de carvão e giz. Mas por que estamos falando dele hoje no A Cor da Casa? Bom, é porque queremos nesta sexta-feira, depois de uma semana de notícias de polarização e divisão, falar de um trabalho que prega união e diálogo! E, justamente, nos inspiramos no trabalho mais recente de Saype em cartaz em Istambul, capital da Turquia. 

Como parte do projeto Beyond Walls, Saype pinta mãos gigantes entrelaçadas para simbolizar união em um mundo tão polarizado. Assim, as paredes erguidas mentalmente tornam-se divisórias fictícias, dizimadas pela imaginação artística. 

SAYPE ISTANBUL BEYOND WALLS

Istambul tornou-se o oitavo ponto onde Saype pintou as mãos do projeto Beyond Walls, convidando as pessoas à benevolência e à coexistência. São três intervenções na capital turca: uma na Universidade Bogazici, outra no distrito de Beykoz e, last but not least, no meio do Rio Bósforo. Essa última é especialmente simbólica já que o rio divide o lado da cidade ociental do oriental, e, portanto, a arte une dois continentes. 

As paradas anteriores do projeto incluíram Paris, Andorra, Genebra, Berlim, Ouagadougou, capital de Burkina Faso, Yamoussoukro da Costa do Marfim e Turim, na Itália. E a ideia é somar 30 cidades nos próximos anos. 

A cereja do bolo é a exposição de fotos das obras de Saype para Istambul, que foi inaugurada no último sábado no Centro Cultural Francês na Turquia.

Fotos: Valentin Flauraud

Para conhecer melhor o trabalho de “land art” do Saype, visite o perfil do artista no Instagram.