Interiores: Marcia Müller

Apresentamos hoje o 24º episódio do projeto “Interiores”.  A cada semana, destacamos em nossas redes sociais posts com arquitetos, decoradores e paisagistas convidados e exploramos o universo interior desses profissionais que ajudaram a escrever a história dos 30 anos da CASACOR Rio. A convidada de hoje é Marcia Müller, que dividiu conosco ideias sobre o “morar”, inspirações, referências, hobbies e processos de trabalho.

Marcia Müller é arquiteta, urbanista e designer de interiores com 35 anos de experiência no mercado e 26 participações na CASACOR Rio. Há cerca de dez anos renovou o seu escritório com uma parceria com a sua filha, Manu, com quem inclusive já assinou oito edições da mostra carioca. “A CASACOR tem a importante missão de reproduzir, através de vários olhares, fragmentos de uma casa  para ser vivida. Funciona como em uma exposição de arte: algumas obras podem nos impactar, podemos nos apaixonar ou simplesmente não gostar. Mas a arte é uma metáfora sobre o momento. A CASACOR também representa a casa naquele momento,” divide. 

Marcia não acredita ter um estilo definido. Para ela, o importante é ir se adaptando a novos olhares do morar. “Mas sem harmonia, qualquer projeto fica ruim!” conta. “No trabalho de arquitetura, o importante é ter vários olhares,  focando em uma única meta: conforto, harmonia, bem estar e equilíbrio com a natureza.” 

Falando em harmonia, sua grande referência profissional é o arquiteto italiano dos anos 60 Andrea Palladio. “Adoro a proporção palladiana,  a simetria, o controle das aberturas no volume arquitetônico,” conta ela que admira muito a maneira que ele simplificou os padrões estéticos da época, que eram muito pesados. 

E para se inspirar para um projeto, Marcia precisa de um momento zen. “Quando fico em silêncio e conectada com a natureza, minha inspiração vem dessa calma e tranquilidade,” conta. 

“O morar para o mundo atual é tão importante quanto o ar que respiramos,” define. Segundo a arquiteta, hoje, a importância desse conceito ficou ainda mais clara com a pandemia, pois a casa é o lugar que nos acolhe e nos protege. “Desde a Grécia antiga, sabemos a importância da casa para a qualidade de vida de uma pessoa. Como ela vai crescer e se envolver com o mundo que a cerca depende de onde  ela vive. É um espaço que reproduz uma relação visceral. E hoje, um bom projeto e uma ambientação elegante, sem dúvida são aqueles que trazem simplicidade,  naturalidade e tranquilidade, como tudo  na natureza,” conclui.

Na próxima segunda-feira, 16 de novembro, Marcia Müller será entrevistada por Patricia Mayer, jornalista e sócia da 3Plus, às 19h no nosso Instagram @acordacasa. A entrevista ficará salva no IGTV logo em seguida da Live. Não perca!