Interiores: Mário Santos

Apresentamos hoje o terceiro episódio do projeto “Interiores”.  A cada semana, destacamos em nossas redes sociais posts com arquitetos convidados e exploramos o universo interior desses profissionais que ajudaram a escrever a história dos 30 anos da CASACOR Rio. O  convidado de hoje é Mário Santos, que dividiu conosco ideias sobre o “morar”, inspirações, referências, hobbies e processos de trabalho.

Mário Costa Santos é um profissional completo. É arquiteto, designer, light designer – além de também ter cursado história da arte e antiquariato na Itália. Com 35 anos de carreira, é proprietário do escritório Arqmede Arquitetura, que atua em todos os campos da arquitetura e design. Ele teve no total 22 participações na CASACOR Rio de Janeiro e 2 na CASACOR Pernambuco. Vale destacar inclusive, que ele não só participa dos eventos, como também é o responsável pela implantação do projeto das mostras, uma função essencial para o sucesso de cada edição. 

 

 

O estilo de Mário não se encaixa em definições de livros didáticos. “Sigo uma trajetória de personalidade que criei ao longo da carreira,” refete. Suas maiores referências são o arquiteto brasileiro Acácio Gil Borsoi e o canadense Frank Gehry. Mas a grande inspiração é, e sempre foi, sua mãe: Janete Costa –  grande arquiteta, pesquisadora, curadora e especialista em arte popular brasileira. 

 

 

Ele conta ao A Cor da Casa que se inspira no dia-a-dia do cliente pois a casa precisa ser adequada às atividades dele e atender às suas expectativas emocionais e afetivas. “A inspiração é um trabalho de imersão,” ele pontua. “Curto cada etapa dos meus projetos. Dou tudo de mim nos estudos preliminares e nas finalizações, onde posso ver materializada toda ideia,” explica. Para ele, morar sintetiza boa estética associada ao conforto, segurança e funcionalidade. 

 

E, como sempre, não podíamos deixar de questionar nosso convidado sobre reflexões deste momento de pandemia… “Aproveitei o silêncio para criar e desenhar móveis e objetos principalmente em parceria com associações de artesãos brasileiros,” Mário conta. “Essa crise apenas antecipa um processo já em andamento, que é irreversível. A casa mais prática (internet of things) com ambientes integrados, espaços multifuncionais, materiais mais práticos, higienizáveis e duradouros,” ele conclui. 

 

Na próxima segunda-feira, dia 22 de junho, Mário Santos será entrevistada por Patricia Mayer, jornalista e sócia da 3Plus, às 18h no nosso Instagram @acordacasa. A entrevista ficará salva no IGTV logo em seguida da Live. Não perca!