A Arte das Cadeiras Brasileiras

A pequena cidade histórica de Belmonte, no litoral sul da Bahia, acaba de se tornar destino certo de quem aprecia design brasileiro. Isso é porque na semana passada foi inaugurado o Museu das Cadeiras Brasileiras, reunindo peças de Zanine Caldas, Sérgio Rodrigues, Irmãos Campana, Zanini de Zanine, Hugo França, Paulo Alves, Carlos Vergara e outros mestres do design brasileiro. É o primeiro museu no Brasil desse gênero, dedicado ao design de móveis. A organização da mostra é de Christian Larsen, curador do The Metropolitan Museum of Art (MET), de Nova York.

A fachada do Museu das Cadeiras Brasileiras

A ideia original foi do jovem e premiado designer Zanini de Zanine, o filho do Mestre da Madeira, que decidiu convocar os principais designers do país para montar o museu naquele espaço, um casarão tombado que foi onde Zanine Caldas nasceu.

O designer Zanini de Zanine (foto: Fernando Rezende/Divulgação)

A casa foi transformada em museu pelo renomado arquiteto paulistano Marcio Kogan, e vai abrigar também o acervo de José Zanine, que inclui desenhos, peças de mobiliário, fotografias, maquetes, filmes etc.

No dia da inauguração, os designers que doaram suas cadeiras para o acervo se reuniram na frente do museu

A ideia de Zanini de Zanine foi transformar o espaço num centro de referência para estudantes e profissionais de arquitetura e design, além de endereço da produção do design brasileiro. “Estamos treinando os monitores e desenvolvendo uma grade de cursos e residências artísticas com o objetivo de fomentar a produção do nosso design”, celebra ele.