Pisos Sustentáveis

Os detalhes sofisticados estão por todas os cantos da CASACOR Rio 2018. Até no chão. É isso mesmo, a escolha dos pisos usados nos ambientes é o tema que o A Cor da Casa destaca hoje. Afinal, eles ajudam a dar o tom do ambiente, na escolha do material, da cor e da textura usada. “Os pisos de hoje querem dar efeito de madeira, sem serem madeira,” analisa Patricia Mayer, sócia da 3Plus e uma das organizadoras da CASACOR Rio, sobre a tendência de sustentabilidade encontrada na mostra cujo tema é “A Casa Viva”.

Marcia e Manu Müller, mãe e filha arquitetas que assinam a “Sala Carioca”, foram exatamente nesta tendência. Elas usaram concreto em tábua corrida, uma opção prática, resistente, elegante e contemporânea. “O cimento queimado tem um charme especial e uma cor linda,” comenta Manu. O piso escolhido é feito de cimento em forma de madeira e dessa forma os veios da madeira ficam impressos na placa criando o efeito é de uma madeira cinza. “Ele contribuiu para trazer ao espaço uma unidade de piso que além de aumentar o ambiente torna ele harmônico,” conclui Marcia.

 “Sala Carioca”, por Marcia e Manu Müller, tem piso elegante, prático, contemporâneo e sustentável

 

No “Living Sage”, de Bianca da Hora, a escolha do piso fez parte do processo criativo para bolar o ambiente. Repare: a arquiteta usou pisos tanto no piso quanto no teto. “Sim, nos usamos a madeira no piso e teto para dar um aconchego no ambiente!” explica a arquiteta. No forro ela usou o o MDF Duratex Essencial Noce Califórnia, que tem acabamento acetinado com brilho suave, e no piso a linha City cor Sevilha, da Durafloor.

 O “Living Sage”, por Bianca da Hora, tem “piso no piso” e “piso no teto”

Os sócios da Beta Arquitetura, Bernardo Gaudie-Ley e Tânia Braga, responsáveis pelo projeto da Cozinha Alecrim, colocaram várias referências retrô no projeto. Toda a marcenaria da cozinha é de laca na tonalidade verde-menta, elegante e fresh, numa parceria com a estilista Isabela Capeto. E o piso mescla o parquet e azulejos hidráulicos num cantinho da cozinha e, na maior parte, usaram no piso um laminado Durafloor linha Unique cor Chamonix, que resgata os longos e nobres assoalhos de madeira.

“Cozinha Alecrim”, por Bernardo Gaudie-Ley e Tânia Braga, pisos com clima retrô

 

Na Livraria e Sala de Leitura, de Hannah Brauer, Regina Prior e Bianca Prior, Piso, parede, prateleiras e bancada de leitura central são revestidos com painéis de madeira sustentável. No piso, utilizaram o vinilico com click LVT Durafloor linha Loft cor Dakar, que é resistente, fácil de limpar e feito com produtos que não causam alergias.

 

“Livraria e Sala de Leitura”, por Hannah Brauer, Regina Prior e Bianca Prior, o piso imita madeira mas é sustentável

Já no “Vista Bar e Lounge”, assinado pela arquiteta Paula Neder, o Coletivo PN e a paisagista Viviane Menescal, a opção foi manter o piso original da bela propriedade na Glória. “Decidimos manter o piso original que está intacto e com desenho de jogo de damas em tons off-white, que cinza ficou completamente integrado ao conceito do Bistrô, “ comenta Paula Neder. “Além disso aproveitar, manter, recuperar são palavras de ordem no foco da sustentabilidade.”

No “Vista Bar e Lounge”, por Paula Neder, Coletivo PN e Viviane Menescal, o piso original foi mantido.

Fotos: André Nazareth

A CASACOR Rio fica em cartaz até 4 de novembro, na Ladeira de Nossa Senhora nº 163 – Glória.