Em Foco: Elizabeth de Portzamparc

Neste sábado será inaugurado o “Musée de la Romanité”, em Nîmes, na França, considerado o grande acontecimento cultural este ano na França, que deve colocar a charmosa cidade do sul da frança no circuito internacional de museus, como aconteceu há vinte anos com Bilbao, na Espanha. Projetado pela arquiteta e urbanista brasileira Elizabeth de Portzamparc, o novo museu sediará  um tesouro arqueológico de 25 mil peças, que cobrem 25 séculos de história, a partir de escavações arqueológicas feitas na região. O público poderá ver belas obras como mosaicos, vasos e detalhes arquitetônicos do período romano, gaulês (pré-romano) e medieval.

Sua arquitetura traz características marcantes na trajetória de Elizabeth de Portzamparc: suas construções são abertas para a cidade e para seus habitantes, um espaço público acessível a todos e um ponto de encontro. Elizabeth de Portzamparc foi a vencedora de um concurso lançado em junho de 2011 para a seleção do projeto. Entre as 103 candidaturas recebidas, o projeto da agência 2Portzamparc, desenhado por Elizabeth de Portzamparc, foi o escolhido. “Eu analisei profundamente as Arenas e me questionei sobre a própria noção de edifício contemporâneo e sobre como glorificar os 21 séculos de história da arquitetura que separam esses dois prédios.

A museografia interativa, também projetada por Elizabeth de Portzamparc, possibilita ao público um fascinante percurso. Com uma arquitetura ao mesmo tempo arrojada e leve, o museu cria um emocionante diálogo com a arquitetura da Arena vizinha, construída há mais de dois mil anos.

O Museu terá ainda uma livraria, um auditório, um café e o restaurante La table du 2, com sua vista magnífica para as Arenas, com cardápio assinado pelo Chef Franck Putelat, duas estrelas no guia Michelin por seu restaurante Le Parc, em Carcassonne.

Elizabeth de Portzamparc homenageou Niemeyer e a arquitetura brasileira no terraço do Museu, que permite uma visão de 360 graus da cidade e de seus principais monumentos romanos: as arenas e a Torre Magna.

Fotos: Serge Urvoy e Nicolas Borel

O museu inaugura neste sábado, dia 2 de junho, e fica no 16 Boulevard des Arènes, 30900 Nîmes, França.