Preview: CASACOR São Paulo 2018

A CASACOR São Paulo 2018 foi inaugurada essa semana com toda a sofisticação, elegância e estilo que se espera da edição paulista. Com 80 ambientes em 17 mil metros quadrados, esta edição tem o tema de “A Casa Viva”, e destaca a harmonia com a natureza, a convivência e a confraternização,  um estilo de vida rodeado de verde, de animais e de memórias afetivas.

O A Cor da Casa apresenta hoje um preview da CASACOR São Paulo 2018, com fotos que revelam um pouco dos muitos ambientes de bom gosto assinados por talentosos arquitetos e novos valores de SP e outros estados. “Essa é a melhor edição dos últimos tempos. É necessário visitar para ter a real dimensão dos espaços, que estão imperdíveis!” relata Patricia Mayer, da 3Plus, após uma ida a São Paulo exclusivamente para visitar a CASACOR.

Confira o preview!

Os arquitetos veteranos:

Casa do Relógio by Dado Castello Branco

 

 Nesta casa contemporânea de 283m² inspirada em townhouses de Amsterdam e Londres, a madeira e o concreto se destacam. Uma casa prática, acolhedora, para pessoas que gostam de arte, culinária, vinho e de integração com o verde. Móveis da Etel Interiores, alguns assinados pelo próprio Dado Castello Branco, além de peças assinadas por Jader Almeida e do acervo de Arnaldo Danemberg compõe o ambiente.

Le Riad Bontempo by Roberto Migotto

Riad é um tipo de construção originária do Marrocos cuja principal característica é ser voltada para um jardim interno, que funciona como um pátio. Le Riad Bontempo é uma releitura contemporânea dessa arquitetura. Nela, a interação acontece tanto com a natureza quanto com a rica cultura marroquina.

Sala Biblioteca by Rosa May

Fibra natural, tecidos de linho cru e madeira são o palco para uma decoração eclética e elegante. Na sala de 50 m², a harmonia prevalece entre os elementos diversos: o lustre Sputnik em bronze escurecido da década de 70 italiano, desenhos de Cícero Dias, a poltrona Joaquin Tenreiro e abajures em placa de murano da também dos anos 1970 fazem do espaço um local acolhedor e repleto de referências da profissional.

Refúgio Urbano by Marina Linhares

Instalado em meio a um bosque do Jockey Club de São Paulo, ela trouxe a natureza para dentro do ambiente. Além das paredes de vidro, que permitem que a luz e as cores em volta interajam e invadam o espaço, Marina incorporou ao projeto árvores tombadas pela prefeitura da cidade, provocando sua criatividade a tirar proveito da situação, dando origem a um ambiente charmoso e, ao mesmo tempo, fazendo com a que arquitetura obedeça às regras da natureza.

Grandes surpresas:

Cisterna de Deca by Tenório Studio

A água é a protagonista deste espaço que buscou referência em cisternas para fazer uma analogia com o cuidado que a Deca tem com seu uso racional. Para isso, Tenório cria uma espécie de templo de apreciação da água, com uma cisterna de quase 80 mil litros. No hall de entrada, com mobiliário desenhado pelo profissional, uma cascata por onde a água corre pela escada de granito bruto e chega até ao espelho d’água.

Casa Neshamah by Gustavo Neves

A Casa Neshamah, ambiente de 200 m² composto por jardim frontal, hall de entrada, living, jantar, cozinha, varanda e spa, tem por nome a palavra hebraica que significa “sopro da vida”. Neste sentido, o tema “Casa Viva”, para o arquiteto, se decanta na compreensão da própria vida e sua origem, e dos construtos criados pelo Homem. Vê a vida como unidade essencial, e todas as demais variáveis e categorias como conceitos criados à conveniência do Homem, mas que podem ser desconstruídos a qualquer instante.

Jovens talentos:

Loft Ninho by Nildo José

No Loft de 80m² o arquiteto projetou um apartamento completo – cozinha, living, quarto, banheiro e jantar -, mas com conceito compartilhado e que transmitisse a alma e a história do morador, com peças que remetem a trajetória de quem mora ali. Com uma paleta de cores claras e tons neutros, o arquiteto apostou também no verde, tirando partido do tom das esquadrias do Jockey e dos elementos arquitetônicos e da castilharia.

Loft Eu + Tu + Elas by Michel Safatle

“Com a tecnologia e as redes sociais, cada vez mais as pessoas estão expondo sua intimidade. O projeto reflete isso ao trazer apenas um anexo isolado por paredes, onde ficam banheiro e closet”, explica o arquiteto. A união dos espaços também foi pensada para proporcionar maior convívio entre os moradores, por uma vida mais humanizada.

Cozinha Matriz by TRiART Arquitetura: André Bacalov, Kika Mattos e Marcela Penteado

Ressignificar a arquitetura do prédio do Jockey Club de São Paulo foi o objetivo deste espaço. Objetos como jarras, pratos e temperos coloridos, junto de um mobiliário eclético, ficam lado a lado com a estética rústica e desgastada da construção original, produzindo uma atmosfera criativa e convidativa.

Casa Dezesseis by Sálvio Júnior e Moacir Júnior

 Cinco ambientes formam um projeto residencial completo e funcional de 160m² para mostrar ao público um conceito de morar contemporâneo, sem divisórias, dinâmico e versátil, num entendimento de casa sem barreiras, com muita luz natural.

Os Cariocas em Sampa:

Casa Terra by Paola Ribeiro

A proposta foi criar um espaço amplo, com muita luz natural, integrado a um atraente jardim, seguido por um confortável estar sob um pergolado. O paisagismo assinado pelo renomado Alex Hanazaki estará presente com suas perfeitas criações que aliam harmonia e bom gosto incontestável.

Home Family by BC Arquitetos: Bruno Carvalho e Camila Avelar

O ambiente criado pela dupla de arquitetos que previa inicialmente home theater e adega, se transformou em um grande estar. Além do cinema e da adega com rótulos de vinhos exclusivos, o espaço de aproximadamente 65 m² conta também com biblioteca, bancada gourmet e peças de arte em diferentes suportes que tratam de forma poética as relações humanas.

Anexo Nuage by  Yamagata Arquitetura: Aldi Flosi, Bruno Rangel e Paloma Yamagata

Para transmitir a sensação de calma e relaxamento que desejavam no loft de 68 m², Aldi Flosi, Bruno Rangel e Paloma Yamagata exploraram os tons neutros e tranquilizadores, como o bege e o cinza-claro, e usaram referências do design escandinavo, que tem como características principais a luminosidade, as formas simples e o uso de elementos naturais.

Inspiração Jardins:

Tempo by Renata Tilli, Vera Oliveira e Lucas Tell Push

Um jardim criado para atender quem deseja qualidade e tempo. Porque a vida atual demanda agilidade, plantas de crescimento rápido e pouca manutenção, por exemplo capim e bambu, foram escolhidas junto de materiais essenciais como pedras e areia. O lago foi feito segundo a filosofia da construção SysHaus: sem concreto, sem desperdício e com tratamento biológico. Tal austeridade revela, porém, a busca por um espaço ao mesmo tempo belo e pragmático, executado com técnicas modernas e complexas.

A CASACOR SP  fica em cartaz até 29 de julho, de terça a sábado, das 12h às 21h; domingo das 12h às 20h, no Jockey Club de São Paulo- Avenida Lineu de Paula Machado, nº 875 – Cidade Jardim.