Apenas O Melhor

Através do manifesto -nada modesto- de selecionar apenas o melhor do design internacional, o Superstudio Più inaugurou ontem o SuperDesign Show, uma espécie de museu-temporário que está em sua vigésima edição no Fuorisalone de Milão. Enquanto o Salone del Mobile, a feira de Milão, acontece nas redondezas, o espaço multi-funcional de mais de dez mil metros quadrados na Via Tortona abriga exposições, festas e eventos durante o período da feira. A proposta é “ser mais museu do que feira”, nas palavras da idealizadora Gisella Borioli. Com um processo de curadoria que dura dez meses do ano, uma equipe seleciona o que há de melhor no mundo do design e manufatura, tanto industrial como artesanal, para esse grande momento.

Com foco em pesquisa e inovação, o Superstudio Più explora o design através de um olhar 360: de grandes móveis a pequenos objetos, criados tanto por designers renomados como por nomes emergentes no mercado. Esse ano, há uma atenção especial para a produção de alta qualidade de design do Japão e para os designers emergentes do Egito.

Para Giulio Cappellini, o diretor de arte do evento, existem três grandes destaques no show de 2018. São eles, a exposição-solo da Nendo, que é um dos escritórios de design mais bem sucedidos da atualidade, o projeto de Kengo Kuma para a high-tech e sustentável Dassault Systèmes e o Superloft, uma casa decorada com as melhores marcas de design italiano.

“Nendo: Forms of Movement”

O premiado estúdio japonês Nendo indiscutivelmente rouba a cena esse ano do Superstudio. Uma exibição sensorial, um labirinto misterioso de mais de 800 metros quadrados que trabalha 10 conceitos baseados na ideia do movimento. A exposição expõe o coração da criação do design, convidando o visitante a percorrer a jornada fascinante que é o processo da produção, dos moldes ao produto final.

 

“Design in the Age of the Experience”

A Dassault Systèmes, empresa francesa que é líder mundial de criação de softwares e prototipagem em 3D, exibe uma instalação provocadora que trabalha o conceito “Design for Life”. Nela, é discutido o problema agravante da poluição atmosférica. Para isso, convidou o renomado arquiteto japonês Kengo Kuma, responsável pelo projeto do estádio Olímpico de Pequim, para criar uma solução através do design que desse um destino a poluição existente. O resultado é revelador, uma instalação chamada “Breathe”.

Superloft

Idealizado pela Cappellini, o Superloft é uma casa imaginária, porém real, descolada, elegante e eclética. A idéia foi criar uma casa internacional, que pudesse existir tanto em Roma, quanto em Paris, quanto em Shanghai, decorada com o que há de melhor do “Made in Italy”.O objetivo foi criar um espaço aconchegante, rodeado por belos objetos de design, com um toque contemporâneo e internacional. Marcas icônicas italianas como Poltrona Frau, Designers Guild e Poliform preenchem com estilo os ambientes do loft. Além, claro, de designers internacionais de renome como Tom Dixon e Philippe Starck.

 

O Superdesign Show fica em cartaz no Superstudio Più, na Via Tortona 27, até 21 de abril.