Art & Retail

A Moda e a arte caminham de mãos dadas desde o início dos tempos. A tendência agora são as fundações culturais patrocinadas por grandes maisons de luxo, como Prada, Cartier, Louis Vuitton e agora Galeries Lafayette. O Lafayette Anticipations é o mais novo integrante da cena cultural parisiense.  Localizado no charmoso bairro Marais, ocupa sete andares de um belíssimo edifício tombado do século XIX, reformado pelo arquiteto holandês Rem Koolhaas – ganhador de um Pritzker é considerado um dos mais importantes designers urbanos contemporâneos.

 

Segundo  Guillaume Houzé, o presidente da Galeries Lafayette, a arte está no DNA da empresa desde que seu avô, Théophile Bader, há 106 anos inaugurou a lendária loja de departamento. A proposta deste novo espaço, inaugurado no mês passado, é ser um espaço multidisciplinar, que não só expõe novos trabalho de artistas internacionais com foco em arte contemporânea, design e moda, mas também promove e estimula a produção artística. A curadoria é de François Quintin, que já foi curador do Museu Guggenheim de Nova York e da Fundação Cartier, em Paris.

 

 

O escritório de Rem Koolhaas, na contramão das tendências de outros “starchitects”, optou por um retrofit ao invés de criar um projeto grandioso do zero. Afinal, preservação é uma das palavras de ordem na arquitetura sustentável. O pátio central foi convertido em torre de exibição de metal e vidro, que expande e retrai de acordo com a necessidade específica de cada exposição, podendo ocupar até 875 metros quadrados. As quatro plataformas móveis podem ser arrumadas em mais de 40 diferentes combinações, também a gosto do freguês.

 

 

A exposição inaugural “The Silence of the Sea” é uma intervenção arquitetônica site-specific da americana Lutz Bacher, ocupando todos os sete andares do centro. Ela é conhecida pelas instalações artísticas conceituais com uma boa pitada de humor, e é somente identificada pelo pseudônimo, e não pelo nome real. Essa é a primeira vez que a artista expõe em Paris, o que sinaliza que o Lafayette Anticipations realmente está apoiando nomes menos estabelecidos.

 

A expectativa é que sejam organizadas de três a quatro exposições por ano, além uma agenda cheia de palestras e performances a cada semana. E em paralelo, no subsolo, um espaço de 350 metros quadrados foi designado para produção artística experimental, e receberá artistas em residências para desenvolver novos projetos.

O resultado é um edifício do século XIX repensado para receber um centro cultural do século XXI: maleável, multidisciplinar e avant-garde. Que ele realmente cumpra seu papel e ofereça oportunidades para que designers, artistas, performers e estilistas colaborem entre suas disciplinas e processos.

Lafayette Anticipations fica no 9 Rue du Plâtre, no Marais, Paris.