Fervilhando Cultura

Um único edifício que reúne arte, lazer, empreendedorismo e muita cultura foi inaugurado em São Paulo. O Farol Santander, ainda conhecido como Banespão, é uma construção de 1939 que está mais atual e in do que nunca. Isso porque depois de um investimento feito pelo grupo Santander-Banespa, 18 de seus 35 andares passaram a operar como um centro cultural com curadoria de Facundo Guerra, Marcelo Stefanovitz e Bob Burnquist.

Os primeiros andares do prédio são reservados para contar um pouco mais da história desse edifício, que tanto lembra outra grande construção: o Empire State Building, de Nova York.  Através de um vídeo o visitante pode navegar por uma linha do tempo ou se perder em ambientes, como salas de atendimento ao cliente ou instalações de antigas presidências e diretorias, decorados 100% com objetos originais. No 4º andar, existe uma instalação permanente do Vik Muniz, a Vista 360, com fotos da vista do mirante que foi reproduzida pelo artista em seu próprio estúdio com mais de 20 toneladas de sucata do prédio como material.

“Vista 360”, de Vik Muniz

O 8º andar é um espaço de encontros e palestras para discussões sobre inovação, empreendedorismo e cidadania ativa, organizados pela Garimpo Soluções. A primeira sessão em fevereiro foi sobre moda e a agenda já está completa até o meio de abril, onde vai se falar ainda de gastronomia, saúde e bem estar em Medellín.

 

No 21º andar a atividade é um pouco mais agitada. Contém, muito e simplesmente, uma pista de skate de 300m2  idealizada pelo skatista premiado Bob Burnquist. A pista pode receber até 12 pessoas ao mesmo tempo e é ocupada por um circuito street com rampas e obstáculos, além de grafites produzidos pelo Baixo Ribeiro, da Choque Cultural.

 

 

Nos dois andares seguintes, se encontram exposições de arte imersiva, com curadoria de Facundo Guerra e Tatiana Wlasek, da Storymakers. Serão duas novas exposições a cada 100 dias, uma nacional e outra internacional, sempre batendo em 3 temas principais: empreendedorismo, contemporaneidade e internacionalidade. A exposição inaugural é a “Belo, transitório e finito”. O 22º andar é ocupado pela artista brasileira Laura Vinci, com a obra DIURNA. Já o 23º tem a belíssima “O dia que saímos do campo” , do coletivo russo TUNDRA.

“O dia que saímos do campo”, do coletivo russo TUNDRA

No 25º andar,  uma grande surpresa! O Loft do 25 é um apartamento de 355m2 que pode ser alugado pelo Airbnb para hospedagem de até 5 pessoas ou eventos para até 50. O projeto foi assinado pelo escritório de arquitetura franco-brasileiro Triptyque.

 

O Loft do 25

 

Por último, lá em cima, tem o mirante do 26° andar, que  proporciona uma das vistas mais famosas da cidade. E além disso, o Café Suplicy está presente servindo lanches, almoços e brunch de final de semana.

O Farol Santander  fica na Rua João Brícola, 24. Centro e abre diariamente das 9h às 19h.