Confronto Irônico

Para comemorar os vinte anos do Museu Nacional Romano, também chamado de Palazzo Altemps, a administração do museu organizou uma exposição mais do que especial, além de inesperada. Até maio, o museu exibirá ao lado de suas peças clássicas de antiquário, 800 itens assinados por Fornasetti, espalhados por 27 de seus cômodos. Chamada “Fornasetti no Palazzo Altemps”, a exposição reúne lado a lado esculturas, afrescos e desenhos com o design de ponta italiano do Atelier Fornasetti, criado por Piero Fornasetti (1913-1988) e seu filho e atual designer-chefe, Barnaba (1950). Em cada sala do museu, temas clássicos como ruínas e antiguidades dialogarão com as peças irreverentes e surrealistas modernas. Através do mundo mágico e sonhador de Fornasetti, a alma do palácio é revelada.

O palácio foi feito para servir como residência das famílias aristocráticas de Roma como os Riario, Medici, Orsini, Altemps e Hardouin. A partir de 1997, virou o Museu Nacional Romano, dedicado à história do antiquário de coleção. Sua coleção permanente reúne peças de antiquário de diversas famílias nobres italianas. E esse patrimônio rico e complexo hoje dialoga com as peças criadas pelas Fornasettis, exploradores ecléticos do cotidiano. Pai e filho criam peças inspiradas do legado italiano arquitetônico, arqueológico e artístico para criar um mundo que nunca existiu, através do design.

Desenhos, peças de mobiliário e acessórios traçam uma retrospectiva do trabalho de Fornasetti dos anos 30 aos dias de hoje, revelando muito mais que simples objetos, e sim um convite à imaginação. E como um guia da imaginação, os visitantes reconstrução a alma original do Palácio Altemps.

A exposição “Fornasetti no Palazzo Altemps” fica em cartaz até 6 de maio no Museo Nazionale Romano, na Piazza di S. Apollinare 46, Roma.