De Stijl + 100

Fãs do modernismo de toda parte do planeta são esperados em Haia esse ano. A razão? 2017 marca o 100o aniversário da criação do movimento artístico holandês De Stijl, e a cidade vai comemorar o centenário durante o ano inteiro – e em grande estilo.

Fundado em 1917 pelo pintor Piet Mondrian, pelo escritor Theo van Doesburg e outros artistas, o movimento De Stijl advogava pela mais pura abstração e pela universalidade através de formas e cores essenciais. De Stijl simplificava as composições visuais em: vertical e horizontal, branco e preto e outras cores primárias.

Hoje é considerado um dos mais importantes movimentos artísticos do Século XX. Seus seguidores não apenas pintavam e esculpiam, mas também assinavam design de móveis e construíram casas. Inclusive, um dos nomes mais fortes do movimento é Gerrit Rietveld, arquiteto e designer holandês.

Para comemorar o centenário, a cidade de Haia está “Mondrializando” vários prédios notáveis, começando pela Prefeitura (que de toda forma vale uma visita, pois foi projetada pelo arquiteto americano contemporâneo Richard Meier).

destijl-foto-1

destijl-foto-2

destijl-foto-3

O projeto artístico foi encomendado à agência Studio Vollaerszwart, de Rotterdam, que durante o ano inteiro será responsável pelo design e estética das comemorações. Um dos destaques da programação especial é a exposição no museu Gemeentemuseum, que inclui 300 obras de Mondrian. O museu também é sede da maior coleção de arte De Stijl do mundo.

destijl_montagem

Para saber a programação cultural do centenário completa, visite esse site.