90 anos sem Gaudí

A obra universal do arquiteto catalão Antoni Gaudí está de visita em São Paulo, no Instituto Thomie Ohtake. A exposição é uma homenagem aos 90 anos da morte desse que foi o mais importante arquiteto modernista na Espanha. São maquetes, objetos e móveis desenhados por Gaudí, que é conhecido pela criação de igrejas e casas com formas geométricas ousadas em Barcelona. As obras expostas foram reunidas do Museu Nacional de Arte da Catalunha, Museu do templo Expiatório da Sagrada Família e da Fundação Catalunya-La Pedrera. A exposição, que também já esteve em cartaz em Florianópolis, fica em São Paulo até dia 16 de fevereiro.

gaudi-foto-1

“Gaudí: Barcelona 1900” reúne 46 maquetes, quatro delas em escalas monumentais, e 25 peças entre objetos e mobiliário criados pelo mestre catalão. Os curadores da exposição são os espanhóis Raimon Ramis e Pepe Serra Villalba. As obras testemunham a invenção de uma geometria original, calculada a partir da observação e estudo dos movimentos da natureza. Com este princípio racionalista protagonizado pelo orgânico, o mestre catalão instaura uma estética moderna única que marcou definitivamente a cidade de Barcelona.

GAUDI-FOTO-2

GAUDI-FOTO-3

Para ilustrar ainda a pujança de um período em que a capital da Catalunha surge como projeto moderno de cidade, os curadores selecionaram 26 trabalhos entre objetos e elementos decorativos concebidos pelos chamados ensembliers (artesãos de alto nível), além de 16 pinturas. São artistas contemporâneos a Gaudí, que desenvolveram suas obras conforme os preceitos do modernismo catalão. Entre eles os pintores Ramón Casas e Santiago Rusiñol, e ensembliers como Gaspar Homar ou Joan Busquets, que decoraram e mobiliaram as casas da burguesia catalã do período. 

GAUDI-FOTO-5

GAUDI-FOTO-4

Quem não teve a oportunidade ainda de conhecer as obras de Gaudí ao vivo e a cores em Barcelona, palco de suas mais incríveis criações como o Parque Güelle a inacabada igreja Sagrada família, a Casa Milà ou a Casa Batlò, não pode perder essa oportunidade de ir à exposição e conhecer o trabalho do mestre catalão. A riqueza de seu trabalho não está apenas nessas obras monumentais, mas também nos detalhes artesanais presentes na exposição como maçanetas de metal a peças em cerâmica e madeira.

GAUDI-FOTO-6

GAUDI-FOTO-7

GAUDI-FOTO-8

GAUDI-FOTO-9

GAUDI-FOTO-10

GAUDI-FOTO-11

“Gaudí, Barcelona 1900” está em cartaz até 16 de fevereiro de 2017 no Instituto Tomie Ohtake: Av. Faria Lima 201, Pinheiros, SP. A exposição fica aberta de terça a domingo, das 11h às 20h e os ingressos podem ser comprados com antecedência pelo site do Instituto. Lembrando que as terças a entrada é gratuita.