Verger no Rio

A Galeria Marcelo Guarnieri desembarca no Rio de Janeiro com uma bela exposição inaugural. Em parceria com a Fundação Pierre Verger de Salvador, a galeria apresenta a mostra “Pierre Verger”, com obras produzidas durante toda a trajetória do fotógrafo e etnografista franco-brasileiro. 

Pierre Verger, autorretrato

Em 2015, a galeria promoveu duas mostras de Verger em suas unidades de São Paulo e Ribeirão Preto. Para a mostra do Rio, a galeria apresentará um novo recorte dividido em 3 blocos. Um deles é dedicado apenas aos registros com foco em apetrechos musicais clicados em países da América Latina e África. Afinal, grande parte do trabalho que Verger desenvolveu era dedicado à pesquisa e aos registros ligados às religiões de matriz africana. O outro conjunto apresenta uma série de imagens selecionadas pelos editores da Revue Noire e pelo próprio fotógrafo, a partir de 300 negativos que foram expostos ou transformados em cópias de altíssima qualidade e, posteriormente, nos fotolitos do livro Le Messager. O último bloco da exposição apresenta um grupo vintage de fotos raras ampliadas pelo próprio Verger em diferentes períodos de sua carreira – a partir dos anos 30. Entre elas, se destaca uma vista panorâmica de Pequim, cenas urbanas de Nova York, Mali e França. 

Salvador, Bahia – 1950-1982
Foto: Fundação Pierre Verger

Abastecimento de carvão de um navio, Port Said, Egito -1934
Foto: Fundação Pierre Verger

Verger começou a fotografar e viajar pelo mundo em 1932, aos 30 anos de idade. Durante os 14 primeiros anos de sua carreira como fotógrafo, suas imagens foram publicadas nas mais importantes revistas francesas e internacionais da época. Em 1946, quando chegou à Bahia, converteu-se ao Candomblé, tornou-se o babalaô Pierre “Fatumbi” Verger e, embora levasse um estilo de vida nômade, Salvador passou a ser sua residência fixa. Hoje, a casa onde vivia abriga fundação homônima dedicada à sua obra, às pesquisas e ao intercâmbio cultural entre Brasil e África.

“Pierre Verger” está em cartaz até 11 de junho na Galeria Marcelo Guarnieri , que fica na R. Teixeira de Melo, 31, Lojas C/D – Ipanema.