Viva Zaha!

Zaha Hadid se foi. Mas deixou uma marca eterna por aqui. Sua contribuição para a arquitetura e o design não podem ainda ser mensuradas. O que podemos afirmar sem dúvidas, é que impactou as diversas cidades por onde passou com a sua prancheta.

A arquiteta iraniana, radicada na Inglaterra, morreu hoje aos 65 anos de um ataque cardíaco. Conhecida mundialmente pelas formas irreverentes em seus projetos arquitetônicos, Zaha procurava sempre traçar uma linha fora da curva. Falando em curvas, não são poucas as que notamos em seus projetos. 

a arquiteta Zaha Hadid

O A Cor da Casa presta uma homenagem à nossa mestre e musa da arquitetura internacional, que, inclusive, foi a primeira mulher a vencer o Prêmio Pritzker. Seria impossível colocar aqui todas as obras importantes dela. Selecionamos então 10 projetos que arrepiam e emocionam só de olhar. Viva a Zaha! Confira:

Heydar Aliyev Cultural Center em Baku, Azerbaijão 

Guangzhou Opera House em Guangzhou, na China

Estação de Hungerburgbahn, na Áustria

Riverside Museum em Glasgow, na Escócia

Apartamento em Nova York

Estádio de futebol em Tóquio, no Japão

Eli and Edythe Broad Art Museum, em Michigan, nos EUA

Centro Olímpico Aquático, em Londres

Finalizamos com o projeto (ainda não concluído) de Zaha Hadid na nossa orla, de Copacabana: o edifício residencial Casa Atlântica