Arquitetura Social

Será coincidência que pela terceira vez consecutiva o Prêmio Pritzker vai para um latino americano? Alejandro Aravena, chileno, é o vencedor esse ano do 41o prêmio – considerado o Oscar da arquitetura. É a primeira vez que a honraria é recebida por um escritório chileno – apesar dos projetos de Aravena serem um tanto quanto internacionais. Aravena é também o diretor de arquitetura da Bienal de Veneza 2016, então escutaremos bastante sobre ele ao longo deste ano. O A Cor da Casa se inspira hoje no trabalho deste arquiteto engajado em causas sociais que cria projetos de grande impacto em políticas públicas habitacionais.

o arquiteto chileno Alejandro Aravena

A arquitetura chilena começou a exercer uma ampla influência em arquitetos do mundo todo através de uma série de obras pontuais, apresentando um uso impecável e simples dos materiais e uma adequada incorporação de suas respectivas paisagens naturais ou entornos urbanos. Alejandro Aravena , de 48 anos, vai além dessa realidade e procura sempre melhorar os contextos urbanos e fazer frente à crise mundial de habitação. Na América Latina, por exemplo,
são 110, 7 milhões de assentamentos precários. Consequentemente, Aravena é responsável por diversos projetos habitacionais, especialmente no Chile e no México.

Após premiar Shigeru Ban em 2014 e Frei Otto em 2015, o Prêmio Pritzker mostra uma recente tendência de valorizar arquitetos que ultrapassam os limites tradicionais do métier ao propor soluções aos problemas mais urgentes da sociedade.

“Alejandro Aravena sintetiza o renascimento de um arquiteto mais socialmente engajado[…]. Ele tem um profundo conhecimento tanto da arquitetura como da sociedade civil, algo que se reflete em seus escritos, seu ativismo e seus projetos. O papel do arquiteto está agora sendo desafiado a servir a necessidades sociais e humanitárias maiores, e Alejandro Aravena tem respondido a este desafio de modo claro, generoso e pleno”, diz a citação do júri Pritzker 2016.

Confira abaixo alguns dos projetos  de Aravena, tanto na área habitacional como outras belas construções:

Centro de Inovação na Universidade Católica do Chile, em Santiago

St. Edward’s University em Austin, Texas

Projeto Habitacional Villa Verde, em Constituición, Chile

Projeto Habitacional Quinta Monroy, em Iquique, Chile 

Parque Infantil Bicentenário em Santiago do Chile

Projeto Habitacional em Monterrey, México

Projeto Habitacional em Pudahuel, Chile

Mirador Las Cruces em Jalisco, México

Para ver outros projetos de Alejandro Aravena, visite o site  de seu escritório de arquitetura, Elemental.