Inspiração: Jean Michel Wilmotte

 

O A Cor da Casa se inspira hoje no projeto do arquiteto francês Jean Michel Wilmotte para o hotel Grand Mercure, do grupo francês Accor, que inaugurou em junho passado no Rio de Janeiro. Inaugurado bem a tempo das Olimpíadas, o hotel cinco estrelas tem a localização ideal para quem quer ficar de frente para o gol: está localizado em frente ao Pavilhão VIP (5) do Riocentro e bem próximo ao Parque Olímpico.

Jean Michel Wilmotte tem em seu portfólio grandes obras como o Palais de la Mutualité, em Paris, Allianz Riviera, em Nice (França) e o Nuova Gestione Sportiva, o novo prédio da Ferrari, em Maranello-Fiorano (Itália). Para o projeto no Rio, ele se inspirou no movimento do mar para criar uma fachada que remetesse ao clima de praia carioca. Nos interiores, o mesmo espírito é mantido.

Geralmente os hotéis de rede tem sempre a mesma cara, mantendo um padrão de decoração de interiores. No caso do Grand Mercure, o hóspede se sente verdadeiramente no Rio, rodeado de tons de branco e azul, referências aos cartões postais cariocas através de belas fotos, e móveis brasileiros de design despojado.  Destaque para os painéis de azulejos da recepção e restaurante, do grupo Muda, que dão leveza ao projeto.

São aproximadamente 24 apartamentos por andar, até o 13o andar. Todos os quartos tem uma janela de aproximadamente 2m x 4m, e a partir do 7o andar é possível ver o mar da praia da Barra. No 14o andar, uma área Fitness, o Hamam, o restaurante Í Bistrô (assinado pela chef Morena Leite) e o terraço com piscina e vista panorâmica. A laje da cobertura é coberta por painéis solares e sistema de armazenamento de água quente – todas condensadoras de ar condicionado.

Restaurante Brisa

Restaurante Í Bistrô

O projeto une a sofisticação francesa com o aconchego carioca. Para saber mais sobre o hotel, visite o site do hotel, que fica na Av. Salvador Allende 6555, no Riocentro, Barra da Tijuca.