Papo da Casa

A Sala de Estar de Belas Artes da Casa Cor Rio 2016 está dando o que falar. Não faltam elogios ao projeto de Ricardo Melo e Rodrigo Passos. Aproveitamos para bater um papo com os arquitetos para saber quais são os segredos por trás do projeto. Confira essa entrevista exclusiva ao A Cor da Casa:

 

QUAL É O PERFIL DO CASAL QUE VOCÊS ESCOLHERAM E O QUE ELE QUER ENCONTRAR NESSE ESPAÇO?

Um casal na faixa dos 40 anos, que resolveram mudar de vida, para uma vida mais “unplugged”,  e escolheram morar em um lugar tranquilo e bucólico. Esse casal é apreciador de artes, música e literatura, com muito bom gosto e objetos que os acompanham pela vida.

 

VOCÊS BUSCARAM INSPIRAÇÃO NOS ANOS 70 PARA CRIAR ESSE ESPAÇO. POR QUE ESCOLHERAM ESSA DÉCADA E COMO ELA ESTÁ PRESENTE NO AMBIENTE?

Sim, na verdade nossa inspiração é 70 e 80 e acreditamos que os anos 70 e 80 são uma tendência para o design em geral, isso pode ser notado em referências usadas na moda, no design de mobiliário no design de produto atualmente…. Nós fizemos uma seleção de móveis que são muito atuais mas que foram desenvolvidos nessa época ou um pouco antes e que acabaram virando características desse período:
Poltrona Beijo de Maurício Klabin, de 1980
Poltrona Jimi do Sérgio Rodrigues, de 1971
Poltrona Beg do Sérgio Rodrigues, de 1967
A estante desenhado por nós com encaixes e cunhas, inspirada na obra do Sérgio Rodrigues, desenvolvida em imbuia e mármores nero marquino
Além dos móveis temos espelho bronze, aplicado em tiras verticais, as luminárias da marca italiana Fontana Arte que vieram especialmente para o nosso espaço e detalhes em dourado, como o pé da mesa lateral, a luminária da escrivaninha e alguns objetos na estante.
COMO FOI O PROCESSO DE SELEÇÃO DE OBRAS DE ARTE PARA A SALA? 

Tivemos uma curadoria do artista Álvaro Figueiredo e conversamos muito sobre o que entraria. A minha intenção era que as obras de arte tivessem um perfil de colecionador e além das obras selecionadas pelo Álvaro, algumas peças foram da minha coleção particular para traduzir uma atmosfera mais real para o projeto.

 

Confira aqui um preview do que pode ser visto no ambiente dos arquitetos nesta edição da Casa Cor, que fica em cartaz até 4 de outubro na Villa Aymoré – Ladeia da Glória 26.