Imersão a um mundo de sabores na Casa Cor

O cheirinho de café é o convite. Já nos últimos degraus da escada que leva à saída da Casa Cor é ele que serve de guia aos visitantes para o último espaço da mostra. Lá dentro, uma imersão num mundo colorido que mexe com todos os sentidos. Idealizado pelo arquiteto e artista plástico Alessandro Sartore, o Imersão DeLonghi e Kenwood leva o visitante ao maravilhoso mundo das duas marcas e seus poderosos eletroportáteis.

 

 

No sinuoso balcão criado por Sartore, o paladar é mais que aguçado. Primeiro, pelo tal cafezinho… Feito com o famoso grão da Fazenda Ambiental Fortaleza (FAF), em máquinas de café super automáticas DeLonghi, é (quase) irresistível chegar ali e não provar o espresso (na grafia em italiano mesmo). Afinal, foi a Itália que inspirou um dos lançamentos levados pela marca, a coleção Icona Vintage, que traz o charme dos anos 1950 para o design de chaleiras, cafeteiras e torradeiras… Prefere um drinque mais longo que o espresso italiano? A DeLonghi oferece também capuccinos e drinques com café, além de chás da marca inglesa Twinings preparados nas chaleiras elétricas da Kenwood.

 


 

São da linha Kmix, da mesma marca, aliás, os eletroportáteis da coleção Pop Art Collective que estão sendo lançados no mercado carioca na Casa Cor Rio. A coleção traz um novo colorido aos equipamentos da marca. Além do preto, branco, pink, vermelho, amarelo e azul, agora é possível encontrar as peças também em roxo e verde e em novos tons de vermelho e amarelo.

 

Durante o evento, os visitantes poderão também utilizar o exclusivo aplicativo de realidade aumentada da coleção Icona Vintage, uma inovação no segmento. Com ele será possível brincar com os produtos da linha, posicionando-os de forma virtual sobre variados ambientes e garantindo a escolha perfeita dentre as cores disponíveis.  Estará disponível para download gratuito (iOS e Android) através do link: iconavintage.delonghi.com

 

 

E quem estiver com sorte, e chegar na hora certa, ainda vai ter a chance de ver o Cooking chef no trabalho. A máquina – realização do sonho de muita gente – é quase um robô e cozinha praticamente sozinha! Com aquecimento por indução (temperatura de 20ºC a 140ºC), substitui vários utensílios e prepara caldos, sorvetes e até risotos. Por que é preciso ter sorte? Porque não há hora marcada para o robozinho começar a trabalhar, mas uma vez que ele esteja cozinhando, o visitante será convidado a degustar delícias como risoto e brigadeiro… hmmm… deu água na boca!