Explorando Limites

As dualidades sempre estiveram presentes na obra de Emmanuel Nassar. E formam o conceito da exposição do artista plástico paraense que estará, a partir de 3 de setembro, na Mul.ti.plo Espaço Arte: um caráter ambíguo que discute o limite da obra de arte, da própria arte e dos espaços para exibir arte. Tanto que um dos trabalhos da mostra estará exposto na Livraria Argumento, que fica no térreo do prédio da galeria, na Rua Dias Ferreira: uma pilha de livros que “atravessa” o teto da livraria até chegar ao salão da galeria, no primeiro andar.

o artista plástico Emmanuel Nassar, em cartaz na Mul.ti.plo Espaço Arte

A obra é uma coluna de livros, formada por 400 exemplares de Boa romaria faz quem em sua casa fica em paz, do próprio Nassar. “Quando fui convidado para fazer a exposição, pensei logo na força que existe entre os dois estabelecimentos e quis criar uma interação entre eles. Além de acentuar essa conexão entre as artes plásticas e a literatura, entre o espaço de exibir uma e expor a outra”, explica o artista. Toda a mostra tem este conceito.

Assim é com o conjunto de 10 chapas metálicas intituladas Lata, realizadas sobre um mesmo resto de chapa com fundo pintado em azul e branco. Ou com os módulos de chapas pintadas que são montadas em um chassi também de ferro, e que podem conter dois, quatro ou oito partes.

“Lata” – Emmanuel Nassar

Ou ainda com Credo, edição de 10 pequenos blocos de madeira como se fossem livros (mais uma vez os livros aparecem na mostra), assinados na lombada e com uma intervenção de pregos formando uma cruz na capa – e montados na galeria também em forma de cruz. Todos podem ser adquiridos como uma só obra, em pares ou separadamente. 

Em outro, Quadro de luz, fotografou um objeto em metacrilato realizado há algum tempo, feito em papel e luz fluorescente. De uma série de cinco, um foi vendido para o MAR do Rio de Janeiro e um estará na Mul.ti.plo. A terceira série em papel se chama Amassados e reproduz mapas de municípios do interior do Pará (estado natal do artista) pintados em vermelho.

“Quadro de luz” – Emmanuel Nassar

“FotoSintese” – Emmanuel Nassar

A exposição fica em cartaz de 3 de setembro até 19 de outubro na Mul.ti.plo Espaço Arte, que fica na R. Dias Ferreira, 417/sala 206.