Casa Cor Rio… 25 anos

Por Patricia Mayer e Patricia Quentel

 

A primeira vez a gente nunca vai esquecer. Uma linda casa da década de 1940, na Urca, em estilo eclético francês. A antiga residência da família Catão, num dos bairros mais charmosos do Rio, parecia o cenário perfeito para uma mostra de decoração. E foi mesmo. O ano era 1991 e, já apostando no jeito carioca de morar, inauguramos a primeira franquia de eventos do país.

 

A casa em estilo eclético francês na Urca que sediou a primeira Casa Cor Rio, em 1991

 

E lá se vão 25 anos e 1.091 ambientes decorados. Nem o Palácio de Buckingham, na Inglaterra, com seus 775 cômodos, é tão grande. Já contamos com a colaboração de 545 profissionais, entre arquitetos, decoradores, designers de interiores e paisagistas, que criaram os mais variados espaços. O número de visitantes ultrapassa os 855 mil!

 

Alguns ambientes memoráveis: Grande Hall (Caco Borges, 2011), Estúdio de Férias (Mauricio Nóbrega, 2008), Espaço da Família (Stella Orléans e Bragança, 2001), Biblioteca (Chicô Gouvêa, 2010)

Nesse período, ocupamos os mais diversos estilos de prédios: palacetes, muitas vezes recuperados para abrigar a CASA COR RIO, casas urbanas, lançamentos imobiliários e até um hotel. Já entramos em casarões neoclássicos, modernos, ecléticos, num verdadeiro passeio pela história do Rio e da sua rica arquitetura.

 

Algumas das casas cariocas que sediaram a Casa Cor Rio: palacete na São Clemente (1992), casa construída por Thiago Bernardes e Paulo Jacobsen no Itanhangá (2003), Palacete Modesto Leal em Laranjeiras (2010) e casa construída por Sérgio Bernardes na década de 1950 (1994)

 

E ainda temos fôlego para inovar. Neste ano especial de aniversário – nosso e da cidade –, voltamos à Zona Sul, depois de dois anos na Barra, e pela primeira vez vamos ocupar uma vila de casas geminadas. A Villa Aymoré fica no pé do morro da Glória, famoso pelo Outeiro e pela ladeira de paralelepípedos que remetem a um Rio colonial que se esconde apenas em alguns recantos da cidade.  E este é só mais um pedacinho do Rio que a CASA COR revela aos cariocas.

 

As Patricias, na Villa Aymoré, sede da Casa Cor Rio 2015