Bossa Americana

Lina Miranda é uma nova iorquina, cheia de bossa, dona da única grife com sede no Brasil de tapetes de materiais nobres produzidos no Nepal e na Índia. A Square Foot, criada em 2004, produz tapetes Tibetanos e Dhurries feitos manualmente, desde a retirada da lã do carneiro até seu acabamento detalhado.

A designer Lina Miranda

Lina, que é arquiteta por formação, produz duas coleções anuais de tapetes baseados em pesquisas de tendências de moda aliadas à tradições de diferentes culturas, que envolvem procedimentos milenares.

Com muita cor, vibração e estilo, não a toa os tapetes de Lina caíram nas graças dos arquitetos e decoradores brasileiros. Nesta edição da Casa Cor São Paulo, foi Roberto Migotto que colocou em seu espaço um tapete da Square Foot, feito sob encomenda. Na Casa Cor Rio, que começa em setembro, André Piva já sinalizou que quer usar um tapete de Lina em seu ambiente!

Lina Miranda no espaço do Roberto Migotto na Casa Cor São Paulo 2015

Os tapetes da Square Foot tem ainda por cima uma pegada de responsabilidade social. Todos os tapetes da marca recebem o selo da ONG GoodWeave, que atesta o compromisso social da marca. A organização internacional realiza campanhas de combate ao trabalho infantil e escravo, exigindo inspeções nos locais de produção, além de reverter um percentual das vendas dos produtos para a educação. Lina inclusive mantém uma creche para dar assistência aos colaboradores e suas famílias, que se dedicam à produção dos tapetes, todas fora do país.


A Square Foot tem lojas no Rio, São Paulo, Bogotá e Miami. Para mais informações, visite o site da grife.