El Cubo

Málaga é a sortuda cidade a sediar desde março o primeiro espaço pop up do Museu Pompidou fora da França. Chamado “Centro Pompidou Málaga”, o museu acrescenta à lista já incrível de museus nessa cidade do sul da Espanha, como o Museu Picasso, o Museu Carmem Thyssen e o Centro de Arte Contemporáneo (CAC).  


Turistas e locais já apelidaram o museu de “el cubo”, fazendo referência a forma geométrica de sua fachada, toda colorida, estilizada pelo artista plástico francês Daniel Buren. As cores, leveza, e inovação do projeto, combinam demais com a área onde está localizado o museu: a recém-renovada zona portuária da cidade, que recebe milhares de turistas anualmente, por ser um dos principais acessos da Costa del Sol espanhola. 

 

O visitante fará um passeio por obras de arte dos séculos XX e XXI, todas cedidas pelo próprio Beaubourg francês. Entre os artistas em destaque estão: Pablo Picasso, Frida Kahlo, Francis Bacon, Max Ernst, René Magritte e Alberto Guacometti. Só para mencionar alguns. Além disso, estão previstas duas ou três exposições temporária a cada ano, já começando em 2015 por uma mostra dos trabalhos em papel de Joan Miró e fotografias feitas por artistas mulheres em 1920 e 1930.

O diretor do Pompidou na França, Alain Seban, diz que já que o objetivo da instituição é disponibilizar o acesso a arte para o maior número de pessoas, esse projeto pop up faz justamente isso. Ele adiciona que gostaria de experimentar esse modelo em outras partes do mundo futuramente. Será muito bem vindo…