Sobre formas e cores

Para que a semana comece bem colorida e formosa, o A Cor da Casa se inspira hoje no trabalho do maior azulejista brasileiro: o carioca Athos Bulcão. Em recente viagem a Brasília, a redatora que vos escreve se encantou com a beleza das formas dos enormes painéis espalhados pela capital. Sejam os do Senado, do Palácio do Itamaraty, do Teatro Nacional, da Igrejinha Nossa Senhora de Fátima, ou do aeroporto Juscelino Kubitscheck, o trabalho de Athos Bulcão não cessa em surpreender pela forma contemporânea que esse artista de 1918 mistura formas e cores.

Athos Bulcão na frente de um de seus trabalhos mais famosos, na Igrejinha Nossa Senhora de Fátima, em Brasília

Seu trabalho é muitas vezes associado aos projetos de Oscar Niemeyer, já que o arquiteto sempre solicitava suas obras, principalmente em Brasília. Mas é possível apreciar a beleza de sua arte isoladamente, como neste foto-ensaio abaixo. Mergulhe nesse mundo mágico da arte feita em azulejos por esse grande mestre que nos inspira até hoje.

Para conhecer mais sobre Athos Bulcão, visite o site de sua fundação, mantida pelos sobrinhos, e com sede em Brasília.