Pinacoteca + Wright

A Pinacoteca do Estado de São Paulo confirmou essa semana a chegada de um presente mais que especial. A destacada coleção de arte do acervo do empresário Roger Wright, conhecida especialmente pelas importantes peças do movimento pop dos anos 60 e 70, foi cedida por um período inicial de 10 anos ao museu.

O empresário e colecionador morreu em um trágico acidente aéreo em 2009 na Bahia, e seu irmão e filhos assinaram essa semana o termo de cessão para a Pinacoteca com 178 das 330 obras adquiridas por Roger desde 1996. Pelo menos 120 itens pertencem ao período dos anos 1950-70, e o restante está relacionado a trabalhos contemporâneos e históricos assinados por nomes como Volpi, Guignard e Pancetti.

A Pinacoteca portanto recebe de braços abertos obras que poucos museus brasileiros tem: as peças politizadas de Claudio Tozzi, Rubens Gerchman, Antonio Dias, Raymundo Colares e Nelson Leirner.

A coleção Roger Wright vai ganhar uma sala para sua exibição pública no quarto andar da Estação Pinacoteca. A primeira mostra do acervo está programada para maio de 2016 mas o visitante do museu já pode ver nove peças por ora. Entre elas, trabalhos de Hélio Oiticica e de Sérgio Camargo, que integram a exposição “Arte Construtiva”.

A Pinacoteca de São Paulo fica na Praça da Luz #2, no bairro Luz. Para mais informações visite o site do museu.