Miami = Design

Há dois anos essa região em Miami era um canteiro de obras. Hoje, apesar de ainda estar repleto de tapumes instigantes, o Design District já é point e parada obrigatória para turistas. O bairro, desenvolvido pelo empreendedor visionário Craig Robins em parceria com a L Real Estate, é o destino oficial em Miami para quem procura moda, arte, design, arquitetura e gastronomia em uma só área.

O projeto para o Design District teve início no ano 2000, quando esse pedaço de Miami ainda era bem desconhecido e pouco visitado – apesar de ficar bem próximo a Miami Beach e Downtown Miami. O projeto de urbanismo criado para a região, assinado pela premiada Duany Plater-Zyberk, revitalizou e rejuvenesceu aquela parte da cidade.  Em pouco tempo, a procura por um espaço comercial passou a ser concorrida. Os primeiros a chegar foram as firmas internacionais de design de móveis e produtos para a casa como:  Holly Hunt, Knoll, Poliform, Campaniello/Cassina, Kartell e Poltrona Frau. Logo após, chegaram também as grifes de luxo como Louis Vuitton e várias do grupo LVMH. Foi então que o Design District ganhou força e começou a ser visto como concorrente direto do Bal Harbour Shops, um shopping de luxo que antes representava quase que com exclusividade as grandes marcas em Miami. Só no ano passado, inauguraram a Christian Louboutin, Marni, Cartier, Celine, Hermes e Prada – a poucos passos umas das outras. Hoje, além de lojas de design e moda, a procura também é grande por galerias de artes e restaurantes.

O Design District representa bem esse novo momento de Miami, onde as pessoas saem dos mega-shoppings e centros comerciais e procuram ambientes externos, modernos e repletos de design. As instalações de arte pelas ruas são escolhidas a dedo por Craig Robinson. Entre os destaques estão uma escultura de Le Corbusier feita pelo francês Xavier Veilhan, e uma das três versões existentes da “Fly’s Eye Dome”, instalação futurística de R. Buckminster.  Ambas ficam no Palm Court, espaço para pedestres inaugurado também no ano passado.

“Le Corbusier”, escultura by Xavier Veilhan

“Fly’s Eye Dome”, instalação futurística de R. Buckminster

Quem visita a região ainda nota diversos tapumes, sinalizando que ainda vem coisa boa por ai. Até o final de 2016, Craig Robins promete muitas novidades como outras 12 instalações de arte, condomínios residenciais e um hotel cinco-estrelas.

Para mais informações sobre esse distrito criativo, moderno e badalado em Miami, visite o site do Design District.