Retrofit Premiado

Um prédio antigo, sem qualquer valor histórico, é reformado e vira manchete. Parece impossível? Mas não é. Um projeto da arquiteta Stella Lutterbach Leão acaba de ganhar o primeiro lugar na Categoria Retrofit do prêmio da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário. A cada ano, a ADEMI premia os melhores projetos e empreendimentos da área.

Construído para sediar a Academia Nacional de Medicina na década de 50, o prédio de 9 pavimentos nunca se destacou pela beleza. Alguns andares eram dedicados a ANM, enquanto os demais eram feitos para receber estudantes de medicina de fora do Rio de Janeiro. A pedido da Academia, a arquiteta foi convidada para apresentar um projeto que revitalizasse o prédio, mantivesse a sede da ANM com acesso e ocupação independentes e retrofitasse os demais andares para serem alugados para terceiros. Em 2011 a obra teve seu pontapé inicial e foi entregue em 2014, sempre acompanhada pelo escritório de Stella.


O maior desafio, conta Stella, foi conciliar os dois usos independentes e conectados num mesmo edifício e fazer a obra de reforma geral preservando os dois andares da ANM no seu estilo original. Além disso, houve necessidade de dar um reforço estrutural ao prédio, que foi concebido arquitetonicamente em forma de cruz, de acordo com as determinações do Plano Agache, instalando três novos elevadores, escada flutuante e a criação do átrio refrigerado.


Curiosidades: Essa não é a primeira vez que Stella recebe esse prêmio. Em 2012, seu escritório de arquitetura ganhou o primeiro lugar na categoria Edifício Residencial, com o projeto do Grand Hyatt Residences.

Para conhecer mais sobre o prêmio ADEMI, visite o site.

Fotos André Nazareth