Para olhos e ouvidos

Se objetos podem produzir sons, poderiam os sons serem objetos? Qual é o lado concreto da música? Qual é o papel do corpo ao ouvir sons? São essas algumas das perguntas que a exposição sobre arte e o som que estão em cartaz na Fundação Prada, em Veneza, traz a tona. A exposição “Art or Sound” conta trajetória do relacionamento desses dois elementos desde o século XVI, e está atraindo filas de curiosos pelo seu caráter interativo e multimídia.

É possível tocar, apertar e escutar muitas das obras, o que é uma experiência diferente dentro de uma sala de museu. Entre os temas explorados estão a estética de instrumentos musicais, o papel do músico-artista e as áreas em comum entre as artes plásticas e a música.

 

Em exposição estão relógios, quadros, esculturas, instrumentos, máquinas de música… Ao todo são 180 peças que ocupam os dois andares principais do palazzo veneziano onde fica a fundação.

Criada em 2011, a fundação é um espaço dedicado à arte internacional fundado por Miuccia Prada e Patrizio Bertelli. É situada num local majestoso: um palazzo de 1724 que fica no Grande Canal de Veneza. A arquitetura neoclássica rompe com o estilo barroco das demais construções da época. Chamado de Ca’ Corner della Regina, o espaço recebe exposições curiosas, que fogem do padrão – todas com curadoria de Germao Celant, conhecido por ter dado nome ao movimento da “arte povera”.

A montagem da exposição não respeita ordem cronológica nem tipológica. Isso poderia causar uma tremenda confusão, mas os visitantes contam que isso só faz a jornada pelas salas ser ainda mais rica. A mistura de objetos e elementos de épocas diferentes num só espaço agrega valor comparativo e exploratório ao passeio.  As obras expostas vão de caixinhas de música do século XVII, passam por obras de Marcel Duchamp, e caminham até pelos vídeos experimentais de Laurie Anderson.

A exposição “Art or Sound” fica em cartaz até 3 de novembro na Fondazione Prada, que fica na Calle de Ca’ Corner, Santa Croce 2215, em Veneza. Para mais informações, visite o site  da fundação.