Arte no Rio

A semana começou agitada na Cidade Maravilhosa, que já se movimenta para a inauguração da 4ª edição da ArtRio, a maior feira de arte internacional na América Latina. De quarta a domingo o Píer Mauá receberá 99 galerias de 15 países, que ao todo representarão dois mil artistas nacionais e internacionais. Só de Nova York, três importantes galerias vem à feira: Gagosian, Pace e David Zwirner. De Londres, as incríveis White Cube e Victoria Miro.


A feira é dividida em quatro diferentes programas: “Panorama” é composta por galerias nacionais e estrangeiras com atuação estabelecida no mercado, já a “Vista” tem galerias jovens com projeto de curadoria experimental. “Lupa” é um espaço para obras de grande escala inéditas ou desenvolvidas para a feira, e “Solo” é feito apenas de artistas convidados dos curadores Julieta Gonzalez e Pablo Leon de La Barra, que este ano, selecionaram obras que exploram a materialidade do concreto.

Ao lado, acontece a primeira edição da IDA Rio, feira de design arte, que vai reunir de 600 a 800 peças numeradas e seriadas de alguns dos grandes nomes do segmento nacional e internacional, apresentados por 20 galerias e estúdios de design. Serão 1.800 metros quadrados dedicados à exposição das criações, lançamentos de móveis, coleções e livros sobre o tema, além de debates e palestras. Um dos principais nomes do nosso design, Sergio Rodrigues, morto na semana passada, será o grande homenageado da feira. A homenagem já estava sendo programada há dois meses e contou com a participação dele na organização.

Além do espaço físico do Píer Mauá, a arte também estará presente em diversos espaços na cidade. São vários eventos e mostras que acontecem paralelos a feira. O A Cor da Casa consultou a curadora de arte Vanda Klabin para saber quais deles não podemos deixar de visitar essa semana. Confira abaixo:

Fábrica Bhering

Rua Orestes 28, Santo Cristo
12h – 21h

Construída em 1930, com estruturas de ferro que vieram da Alemanha, a antiga Fábrica Bhering, desde 2010, vem se tornando um catalizador de mentes criativas, já tendo abrigado exposições e eventos culturais que sempre movimenta a cena. Nos dias 13 e 14 de setembro, a Bhering abrirá suas portas com exposições, projeções, música, ateliês, editoras, mobiliário, gastronomia, moda, entre outros. Mais de 60 criadores interagem e compartilham suas experiências e seus espaços com o público.

14 Espaços e Lojas: A Bolha Editora, Adoro Adorno, Angela Brito, C’vintage, Café da fábrica, Comparsaria, Fécula Acessórios, Fstudio, Gulemix, Mooc, umauma, Tarsila, Trapiche Carioca, Velt.45 Artistas com seus ateliês abertos

Mul.ti.plo Espaço Arte

Ruas Dias Ferreira 417, Leblon

10h – 18h30

A galeria apresenta o trabalho do artista português Pedro Cabrita Reis, com a mostra “Alguns Nomes”. Na primeira sala são 27 objetos que formam uma única grande obra, e na segunda, uma série de trabalhos em técnica mista, feitos a partir de intervenções de desenho em fotografias.

Galeria Nara Roesler

R. Redentor 241, Ipanema

10h-19h

A galeria paulista recém aberta em terras cariocas apresenta uma exposição de Vik Muniz com duas séries: “Album” e “Postcards from Nowhere”. O artista não expõe no Rio de Janeiro desde 2006.

Art Rua

R. Barão de Tefé 75, Saúde

Os 14 mil metros quadrados do Centro Cultural Ação da Cidadania receberão a terceira edição do Art Rua. Além das exposições dentro do espaço – que pela primeira vez com status de feira, com espaço para comercialização das obras –, artistas brasileiros e internacionais farão intervenções no mobiliário urbano da região, que passa por gigantesca revitalização. A curadoria foi feita pelo Instagrafite, uma das maiores redes colaborativas de arte urbana do mundo, que acaba de alcançar a marca de um milhão de seguidores.

Galeria Anita Schwartz

Rua José Roberto Soares 30, Gávea

10h-20h

A exposição “Membranas” contém uma série de Angelo Venosa com seis novos trabalhos feitos com canetas 3D, um dos novos gadgets favoritos do artista.

Fundação Eva Klabin

Av. Epitácio Pessoa 2480, Lagoa

10h-18h

A fundação apresenta a instalação “Nossa casa, minha vida” de Nelson Leirner, onde ele recria um apartamento inteiramente mobiliado para ser habitado por uma família composta de um casal e dois filhos. Como o título sarcástico indica, a ideia põe em discussão os desmandos praticados pelo governo em nome de programas sociais de moradia.

Para saber mais sobre a ArtRio 2014 e seus eventos paralelos, visite o site oficial da feira, que acontece de quinta à domingo no Píer Mauá.