Arte en la Calle

E se as obras de arte resolvessem sair dos museus e salas de exposições para dar uma arejada, circulada, passeada pelas ruas? O público agradeceria a visita… É exatamente essa a ideia por trás do projeto “Arte en la Calle”, promovido pela La Caixa, a maior instituição financeira espanhola. No momento, é o escultor inglês Henry Moore que está em destaque. Suas obras estão visitando as principais capitais espanholas, ocupando praças públicas para o deleite dos turistas e locais. 


Com curadoria de Anita Feldman, da Fundação Henry Moore, a instituição que preserva o legado do artista, sete esculturas de bronze foram selecionadas para a “ocupação”. Entre as escolhidas estão vários exemplos de como Moore criava obras com elementos antropomórficos e da natureza, alcançando uma expressão abstrata e ao mesmo tempo sublime. A escultura “Figura Reclinada” (1982), é um dos destaques, pois foi das últimas esculturas produzidas por Moore antes de morrer com oitenta e quatro anos. 

A exposição itinerante esteve em cartaz nas ilhas Canárias no final de 2013, depois seguiu para Sevilha no início deste ano, passando depois por Valencia, e neste exato momento está viajando para Bilbao, onde ocupará o Parque de Doña Casilda de Iturriza a partir do dia 20 de maio.

Para saber mais sobre o projeto “Arte en la Calle”, visite o site da La Caixa.