Casa Cor Rio se despede da Península

A Casa Cor Rio terminou na segunda-feira, 18. Mas já deixa saudades… e um saldo superpositivo! Cerca de 50 mil pessoas foram à mostra – e muitas aproveitaram para conhecer o condomínio FontVieille, na Península. “Foi uma edição que esteve muito próxima das pessoas, provocou identificação com o que os arquitetos mostraram nos diversos apartamentos”, diz Patrícia Mayer, sócia de Patrícia Quentel na 3Plus, empresa realizadora da Casa Cor Rio desde seu início, há 23 anos. “Devido às mudanças estruturais pelas quais a cidade vem passando, e que continuarão até pelo menos 2016, temos pensando sobre o morar no Rio de Janeiro, nas mudanças sociais e de realocação das moradias nesta ‘nova cidade’. E esta edição foi muito isso”, completa Patrícia Quentel.

Além das duas torres (com duas coberturas duplex de 600 m² e quatro imóveis com metragens de 400 m² e 300m²), o boulevard, construído especialmente na área externa, foi uma festa! O restaurante, o wine bar, o Espaço do Chicô, as lojinhas e os jardins proporcionaram encontros, relax e lazer. Este ano, os eventos paralelos foram superanimados: das reuniões em torno do fogão de Chicô Gouvêa, que recebeu nomes como Bia Rique, Maria Eugênia de Castro e Regina Martelli, para bate-papos e boa comida; as Happy Saky Hours na área de lazer assinada por Maurício Nóbrega na cobertura (onde era oferecido champagne rosé, brigadeiros de Fabiana D’Angelo e o incrível pôr-do-sol da Península); as palestras no Ela Restô, charmosíssimo bar de Anna C. Malta e Vera Rebello; e as exposições semanais de joias lindas e coquetéis na Joalheria de Emmilia Cardoso.

O resultado foi excelente. Para o público, que viu uma Casa Cor diferente, atual, moderna, adaptada ao ritmo das novas famílias e das novas demandas de moradia. Para os arquitetos – muitos, como Duda Porto e o trio Mariana Dornelles, Filipi Sartori e Luciana Arnaud, fecharam ótimos negócios durante o evento. Para parceiros, que fizeram ações de relacionamento sensacionais e tiveram um ótimo retorno. Só para citar alguns: a Todeschini e seu Espaço do Chicô; a Sky com a happy hour; a Orlean, que trouxe 300 arquitetos e profissionais de 15 estados para conferir os tecidos e papéis de parede in loco; e o CasaShopping, que incrementou a parceria com a integração do shopping à mostra e realizou diversas ações para seus clientes.

Enfim, foi um sucesso! Espaços lindíssimos, um conceito antenado, muito espaço verde e evento cheio todos os dias. A Carvalho Hosken, que desde a ideia da implantação da Casa Cor Rio na Península apoiou incondicionalmente o projeto, também faz um balanço positivo. “O maior retorno que tivemos foi ‘apresentar’ a Península a um público que não a conhecia. Mesmo um público da Barra, mas que nunca tinha entrado no condomínio. Se pensarmos em 50 mil pessoas, o número já é excelente. Mas se você pensar que estas comentam com pelo menos 10 amigos, colegas de trabalho ou parentes, já somamos 500 mil pessoas que hoje sabem o que é a Península. O resultado foi ótimo”, atesta Henrique Caban, diretor da empresa.