Cozinhas da Casa

by Claudia Miranda

Hoje o blog vai fazer um passeio pelas cozinhas desta edição da Casa Cor Rio 2013. Cada uma com sua cara e charme diferente, combinam com todos os perfis de moradores – dos mais clássicos, aos modernos, aos ultra-tecnológicos. Delicie-se!

Cozinha high-tech

Cozinha com Varanda Gourmet, por Caco Borges

Na cozinha – integrada a uma varanda gourmet – clássico e moderno se misturam. O encontro de estilos começa pelo mobiliário: móveis antigos de carvalho inglês, do antiquário de Lilian Pereira – como uma mesa e uma espreguiçadeira de 200 anos –, se integram a peças contemporâneas da Lattoog, como as duas cadeiras Pantosh e a luminária de pé que fica na varanda. A mesa central com tampo de cristal e pés feitos com malas Louis Vuitton – criação do arquiteto – repousa sobre um grande tapete (chiquérrimo e antigo) aubusson.

Todo automatizado, o espaço tem eletrodomésticos de última geração e tecnologia de ponta no controle de luz, ar condicionado, áudio, vídeo e cortinas. Os armários da linha Charm e as paredes em laca são da Florense. No chão brilha o novíssimo tarkett, carpete vinílico preto com flocos metálicos prateados. “Sofisticado e resistente, é de fácil aplicação, limpeza e manutenção”, explica o arquiteto. Na varanda, o piso do deck é em madeira reciclada e cristal. A iluminação também faz um mix entre o antiguinho e o contemporâneo, com abajures vintage ingleses feitos de palha, spots de led e luminárias moderníssimas da Lattoog.

Cozinha integrada dos amigos

Espaço do Chicô, por Chicô Gouvêa

“Eu adoraria ter este lugar juntinho de mim”. É assim mesmo que Chicô Gouvêa fala de seu espaço. Sim, porque, muito além do nome, o projeto acaba por revelar outras faces deste Francisco: o Chicô Chef, o Chicô Gourmet, o Chicô dos amigos. E, claro, o Chicô arquiteto. Começa logo desconstruindo a imagem que temos dele: as paredes são brancas! – quem conhece sabe que elas costumavam ser bem coloridas. Na sala-cozinha com jardim anexo (que pode também ser ao contrário, uma cozinha-sala) o anfitrião cozinha enquanto os amigos beliscam quitutes no balcão. Destaque para a cor cajá (tom alaranjado da fruta madura do Nordeste) que veste a coifa com acabamento em alto brilho, um lançamento Todeschini (coleção Identidade, inspirada nas matizes da natureza e da etnia brasileiras). O sofá do centro, em tons perolado e cru, é uma peça-chave: um grande quebra-cabeças assimétrico em 360º, criado pelo arquiteto. As almofadas reproduzem as dobraduras, volumes e texturas das formas geométricas de Ascânio MMM. Em torno, pufes e banquetas de apoio, desenhados por Chicô, compõem com o sofá, quase que um único conjunto.

Atenção para a estante Todeschini, assinada pelo arquiteto, composta por diversas caixas, de vários tamanhos e profundidades, reunidas na parede numa espécie de “acaso ordenado”, que abriga, ao centro, a TV, e na periferia, fotos, livros e objetos múltiplos. No piso, tábuas portuguesas acinzentadas em cerâmica, dispostas em espinha de peixe, refletem um lustre de globos luminosos que harmoniza, ao mesmo tempo em que rompe, com as referências geométricas do espaço. A paisagista Anna Luiza Rothier criou, para a parede de entrada, um muro verde. O Espaço do Chicô conta ainda com peças de Zemog, Manfredo Souza, uma escultura de  Frans Krajcberg e cadeiras de Bernardo Figueiredo e Aristeu Pires.

 

Cozinha que vem com spa

Cozinha Light, por Ketlein Amorim

O personagem deste espaço é o executivo gourmet, amante da boa mesa, que gosta de cozinhar para os colegas de trabalho. Ecléticos, descolados e funcionais, os ambientes da Cozinha Light mesclam conforto e diferentes estilos: equipado com duas TVs, adega, mesinhas para beliscar ou jogar e até um minispa com maca para massagem. Divertido, o espaço de convivência é decorado com os bancos Carta, revestidos por fotos gigantes de cartas de baralho, os pufes Dreads, que imitam dreadlocks, e fatboy The Buggle up, que assume cinco posições diferentes, além de quadros de Marcelo Cavalcanti, que reproduzem paisagens do Rio em fotomontagem.

O azul royal marca presença nas estantes, prateleiras, mobiliário e objetos. Painéis fotográficos da Orlean revestem as paredes, variando entre o cinza e o bege, imitando um muro cimentado. Destaque para as paredes rústicas de tijolo vermelho escuro Mattone Di Venezia, lançamento da Ekko, e a geladeira retrô Brastemp, em tom amarelo forte. A cozinha é super bem equipada: o chef conta com cooktop Dominó (vitrocerâmico com duas bocas, linha Splendore), forno de embutir (multifunção pop-up inbox), microondas 30 litros (Built-in, linha Massina) e Dominó barbecue (linha Galassia), que promete churrasco sem fumaça – todos da Eletromec. Os metais do banheiro e da pequena lavanderia são da Deca. Os móveis, louças e tecidos das cortinas, do LZ Studio. No piso, lançamento da Ekko, um porcelanato que remete ao ladrilho hidráulico, em tons de bege e cinza.

Cozinha “adivinhe o que tem para o jantar”

Área Interativa, por Leila Dionízios

As cores do céu e das praias cariocas dão o tom dos ambientes, projetados para um apartamento de veraneio.  Principalmente, o Azul Dazziling, eleita pela Pantone a cor do verão 2014. O toque rústico fica por conta dos revestimentos em porcelanato madeira e pastilhas em mosaico, da Porto Design. No centro da cena, a mesa interativa em laca branca – desenhada pela arquiteta – recebe imagens de um projetor (escondido no teto) programadas por um computador.  “Para a Casa Cor programamos projetar imagens de joguinhos e fotos de viagem e minicardápio das refeições dos moradores”, conta Leila.

Na cozinha, forno, cooktop e duas geladeiras, da novíssima linha Gorenje,  da Celdon, fabricados com uma textura diferenciada de vidro na cor branca. A coifa em formato de hélice parece um pendente. Os armários em marcenaria planejada da Lacca têm portas listradas em azul e três diferentes tons de cinza.  Um painel da Cinex apoia a TV e abriga uma cafeteira embutida.  Outro painel em grafite, da Sérgio Gonçalves Galeria, colore ainda mais o ambiente. As toalhas têm desenhos do badalado design gráfico de moda Guido Fortes.

Na lavanderia, jardineira em corian, da paisagista Carmem Mouro, abriga plantas hidropônicas. Lixeiras embutidas de coleta seletiva, da Fertriade, dão um toque ecologicamente correto ao ambiente. Durante o evento, a personal organizer Michelle Russo fará palestras ensinando como organizar uma cozinha.

Cozinha do Chef  1

Cozinha da Gastronomia, por Paula Costa

É uma cozinha para quem gosta de reunir família e amigos em torno do fogão: enquanto a comida é feita, o papo rola solto tarde adentro. Por isso mesmo, Paula criou um ambiente confortável, aconchegante e, claro, muito bem equipado.  O espaço tem TV, sala de almoço, adega e uma área de estudo para o chef, além da lavanderia e do banheiro de serviço. Predominam os vários tons de cinza pontuados pelo roxo que colore o nicho do forno e as geladeiras retrô da Brastemp.

Ao lado do cooktop, um ipad dá apoio ao cozinheiro com as receitas. Destaque para o pendente Heracleum II Small (Moooi), lançado este ano em Milão – esta é a primeira peça a chegar no Brasil, que depois será importada pela Novo Ambiente –, a mesa Silestone Blanco Zeus Suede,  desenhada pela arquiteta e fabricada na Marmoraria MGR, e a cadeira Comback Preta Giratória, da  Kartel. No piso, porcelanato imitando cimento queimado. A iluminação, com rasgos de luz indireta e embutidos no frame (sem moldura), destaca ainda mais a bela luminária da Moooi.

Cozinha do Chef 2

Cozinha do Chef por Juliene Assed e Rosane Servino

Quando os filhos dele, dela e deles se reúnem, a festa é na cozinha. E em uma família que tem um chef de fim de semana, este lugar tem que ser muito especial.  Pensando nisso, Juliene Assed e Rosane Servino criaram um pequeno ‘complexo gastronômico’ na área de serviço da casa: cozinha, lavanderia e Ateliê Culinário do mestre-cuca, um aposento para criação e teste de receitas.

Predominam os tons ameixa, cinza e preto. Mudanças estruturais foram realizadas, para adaptar a área total aos novos ambientes: na cozinha (Roma Mobili), uma parede foi derrubada para abrir caminho para a despensa – que se conecta ao espaço por uma coluna espelhada fumê. A luminária Tensoflex ocupa toda a extensão da bancada revestida com uma lâmina porcelânica 100% natural, reciclável e muito resistente (lançamento da Thesize, importado pela Alicante). Na lavanderia, para dar um toque bem-humorado, um painel da Suzy Benedek, da Pixel Art, reproduz uma pin-up saindo de dentro da máquina de lavar. Já as antigas dependências de empregada viraram o Ateliê Culinário, com direito a banheiro, TV, bancada, fogão embutido, cuba e estante para livros. Um charme é o painel orgânico com temperos frescos, em tubos de ensaio.

Cozinha “saindo do armário”

Living da Família, por Paola Ribeiro

O living de Paola Ribeiro segue a tendência das salas contemporâneas: multifuncionais e capazes de integrar toda a família. “Uma sala bem vivida, que permite, sem uso de TV, vários jeitos de estar”, resume a arquiteta. O ponto alto é a estante da Florense que, de ponta a ponta, toma os oito metros da maior parede do ambiente, assumindo dois papéis: o de discreta cozinha gourmet e o de armário de livros e objetos. O vão embaixo da escada também ganhou outro significado: virou uma estante-armário e um nicho de obras de arte.

A varanda, extensão do living, é um aconchegante cantinho repleto de plantas. Os tons neutros, variando do bege ao marrom, do branco ao madeira, ganham vida no piso limestone (cáqui) e nas paredes forradas de madeira, tijolinhos provence (lançamento da Palimanam), além da pintura branca. O azul aparece em objetos e algumas peças de arte. Entre os artistas estão nomes como Cláudia Jaguaribe, Beatriz Milhazes, Carlito Carvalhosa, Nelson Leirner e Cláudia Melli. Destaque para as mesas de jantar e de centro, de Jader Almeida, e para a poltrona Diretor, de Paola Ribeiro. A iluminação da Pro-Light e da La Lampe espalha embutidos e pendentes decorativos pelo ambiente, reforçando a sensação de aconchego. As louças são lançamentos da Deca.

Cozinha do solteiro

Living do Jovem Empresário, por Erick Figueira de Mello

O espaço foi criado para um Jovem Empresário que gosta de passar suas poucas horas de lazer em casa, relaxando ou na companhia dos amigos. “Para esse cara, criei um ambiente contemporâneo, dinâmico e confortável, onde ele pode descansar e também se divertir”, diz Erick. As paredes revestidas com papel Orlean cinza, levemente texturizado, e o piso italiano em porcelanato cimentado (da Pedras Inteligentes), formam uma base neutra que destaca ainda mais a decoração. Partindo dessa “moldura” totalmente clean, Erick criou um living cheio de obras de arte, peças em madeira e móveis de designers brasileiros – quase todos da Way Design. A exceção fica por conta da mesa de sinuca Nova Iorque (7ball), em preto fosco, e uma linda mesa de antiquário em madeira (Arnaldo Danemberg).

Na iluminação, o projeto da La Lampe imprime dramaticidade ao ambiente, com embutidos que ressaltam ângulos e objetos, rasgos que delimitam o espaço e luminárias decorativas, uma delas apoiada em um pilar de madeira. A cozinha é Favo, com aparelhagem da Celdom.

Confira estas, e outras tendências de arquitetura e decoração na Casa Cor Rio 2013, que fica no no Condomínio FontVieille da Península. Visitação de terça a domingo até 18 de novembro, de 12h às 21h, e aos domingos de 11h às 20h.