Em breve: Arq. Futuro

Como articular a população e o poder público nas decisões que afetam o dia a dia na cidade? De que forma um projeto arquitetônico pode recuperar áreas degradadas? Como soluções de transporte público podem reintegrar a população das periferias ao centro urbano, ou, ainda, como levar equipamentos públicos de qualidade para a periferia? A quinta edição do Arq.Futuro promete debater estas e outras questões.

Em seu terceiro ano, o Arq.Futuro reúne no Rio e em São Paulo mais de 50 líderes e especialistas do Brasil e do mundo para discutir a nova economia urbana, os desafios da mobilidade e a participação da população no futuro das cidades brasileiras. O tema desta edição é: “Ouvindo as Ruas: Novos Modelos para a Transformação Urbana”, como as manifestações que tomaram as ruas das grandes cidades do país em junho, o novo Plano Diretor da cidade de São Paulo e os desafios de segurança e mobilidade da Zona Norte do Rio de Janeiro.

Os arquitetos e urbanistas Alejandro Echeverri (Colômbia), Elizabeth Diller(EUA) e Thom Mayne (EUA), a secretária de transportes de Nova York, Janette Sadik-Khan, o secretário de desenvolvimento urbano de São Paulo, Fernando de Mello Franco, o economista André Lara Resende e o jovem fundador da mobilizadora social Meu Rio, Miguel Lago, são alguns dos convidados do fórum.

 “O Arq.Futuro propõe uma nova conversa entre especialistas e o poder público sobre transformações urbanas há muito tempo necessárias, propondo soluções e envolvendo a população na discussão sobre o futuro das cidades”, explica Marisa Moreira Salles, cofundadora do projeto com Tomas Alvim, seu sócio na empresa BEĨ+, que realiza o evento.

Um dos painéis mais aguardado pelos cariocas é “Arquitetura e Transformação Urbana”, que contará com a presença ilustra de Elizabeth Diller, arquiteta que ganhou a concorrência para projetar o Museu de Imagem e do Som (MIS), na orla de Copacabana. Em seu currículo, nada menos do que o projeto do HighLine de Nova York – que transformou uma antiga rodovia abandonada em área de lazer para pedestres. Diller conversa com o carioca Paulo  Jacobsen no painel,  que apresenta ao público o  Museu  de  Arte  do  Rio  (MAR) e seu papel na regeneração do centro velho da cidade.

Elizabeth Diller


Projeto do MIS, Rio de Janeiro – por Elizabeth Diller

 O Arq. Futuro acontecerá nos dias 23 e 24 no Teatro Adolpho Bloch, na Rua do Russel, 804, Glória. Para conferir a programação completa, visite o site do evento. As inscrições têm um custo de $20,00 e são feitas pelo site ingresso.com.