Brasil em Basel

A edição Suíça da Art Basel, a feira de arte moderna e contemporânea mais importante do mundo, tem início essa semana. E para representar o Brasil, três galerias paulistas foram admitidas para expor ao mundo suas obras: Fortes Vilaça, Luisa Strina e Mendes Wood DM.

A Fortes Vilaça vai apresentar trabalhos dos artistas: Adriana Varejão, Armando Andrade Tudela, Iran do Espírito Santo, João Maria Gusmão e Pedro Paiva, Lucia Laguna, Luiz Zerbini, Marine Hugonnier, Rivane Neuenschwander, Simon Evans e Tamar Guimarães.

“Purpurea” – Adriana Varejão

“Mil e uma noites” – Rivane Neuenschwander

A Luisa Strina vai apresentar obras de: Cildo Meireles, Magdalena Jitrik, Pablo Accinelli, Alessandro Balteo, Juan Araujo e Gabriel Sierra, Antonio Manuel , Carlos Garaicoa, Renata Lucas, Alexandre da Cunha, Marepe, Leonor Antunes, Laura Belém, Fernanda Gomes, Marcius Galan, Caetano de Almeida e Edgard de Souza.

“Soy loco por ti” – Antonio Manuel

A Mendes Wood DM escolheu apresentar os trabalhos da artista mineira Sonia Gomes, um vídeo de Daniel Steegmann Mangrané, artista catalão radicado no Brasil, e uma instalação de Tunga.

“Patuá” – Sonia Gomes

A Art Basel chega a sua 44a edição e ocorre entre os dias 13 e 16 de junho. Ao todo 304 galerias de 39 países do mundo compõe a feira. Além da presença de nomes de peso da arte internacional como Gagosian Gallery, Blum & Poe e Galerie Perrotin, o grande destaque deste ano é a participação massiva de galerias asiáticas – no total são 33.

Desde 1970, ano da primeira edição, Basel é considerada uma das capitais mundiais das artes pelo impacto da feira. Localizada entre a Suíça, Alemanha e a França, é sem dúvidas o coração da arte na Europa.

Logo após o encerramento em Basel, os organizadores já começam a agitar a produção da feira em Miami (05/12 – 08/12), que também promete…Para mais informações, visite o site da Art Basel.