A Bienal de Veneza, em clicks

by Cecília Tanure

Em visita a 55a Bienal das Artes de Veneza, Cecília Tanure, sócia da galeria A Gentil Carioca Lá, clicou as obras que mais a chamaram atenção. A jovem galerista, passou um pente fino entre trabalhos de 158 artistas, provenientes de 37 nações, para mostrar ao blog seu olhar sob esta edição da Bienal – cujo tema é “O palácio enciclopédico”, uma tentativa de recolher a memória passada e futura das belas-artes.

Lygia Clark no Pavilhão Brasileiro

Detalhe da obra do vietnamita Dahn Vo que trouxe uma igreja católica do seu pais para a Bienal

Obra de Odires Mlászho no Pavilhão Brasileiro

Uma das obras do Arthur Bispo do Rosário um dos três brasileiros escolhidos para fazer parte do Palácio Enciclopédico

Walter de Maria, “Apollo’s Ecstasy”

Esculturas em bronze de Sarah Lucas no Palácio Enciclopédico

Detalhe da obra de Peter Fischli e David Weiss no Palácio Enciclopédico

Foto de dentro do Pavilhão Angolano, eleito o melhor. Visitantes podiam levar cópias das fotos ali expostas.

Detalhe da sala com versão do Genesis by R. Crumb.

Detalhe Genesis

A Bienal de Veneza, teve início dia 1º de junho e segue até o dia 24 de novembro. Para mais informações, visite o site oficial.