A hora e a vez delas

Você acredita que de todas as obras do Metropolitan Museum of Art (MET), em Nova York, somente 3% foram feitas por mulheres? Esquisito, porém real. Mesmo nos dias de hoje, artistas mulheres são pouco presentes dentro das principais instituições de arte do mundo moderno.

Pensando nisso, o Centre Pompidou de Paris, resolveu abordar o tema em 2009 criando a exposição “Elles”, dedicada exclusivamente a obras feitas por mulheres. Desde então, essa exposição está viajando o mundo. Após uma longa temporada em Seattle, nos EUA, chega dia 28 de maio no Rio no Centro Cultura Banco do Brasil, o CCBB-RJ.

 

Cerca de 130 obras produzidas entre os anos 1909 e 2007 estarão em cartaz, feitas por mulheres que marcaram sua época, como Frida Khalo, Sophie Calle, Louise Bourgeois e Marina Abramovic.

 

 “Auto-retrato”, 1938, Frida Kahlo

 “La Chambre Bleue”, 1923, Suzanne Valadon

“The Kiss of the Artist”, 1977, Orlan

“The artist is present”,  2010, Marina Abramović

“Foi um risco,” conta Camille Morineau, curadora da exposição de Paris. “Excluir os homens e mostrar somente obras femininas foi um gesto revolucionário.” Revolucionário e de muito sucesso! A exposição foi aclamada em Paris por diversos críticos renomados, e sem dúvidas, o mesmo acontecerá no Rio de Janeiro.

 

 

A exposição “Elles” no CCBB-RJ entra em cartaz dia 24 de maio até 14 de julho, com entrada franca.