Renault x Ross Lovegrove

A cada ano, a Renault lança um novo modelo de carro no “New York Auto Show”, a feira mais importante da industria automobilística. Mas 2013 está sendo um ano diferente para a marca. Com um tom de modernidade – e uma pitada de irreverência-  a marca francesa resolveu lançar seu mais novo modelo de “city-car” na Triennale, durante a Feira de Milão. A estratégia tem foco claro – conectar com o público antenado em arquitetura e design. Afinal, nada mais adequado para lançar um carro assinado pelo designer britânico Ross Lovegrove.

O designer Ross Lovegrove, a direita, com Laurens van den Acker, Diretor de desenho industrial da Renault.

Lovegrove já foi convidado por inúmeras marcas internacionais para criar linhas e conceitos de móveis, luminárias, objetos decorativos, relógios e até garrafa d’água. Mas essa foi a primeira vez que recebeu convite para criar todo um conceito para um carro elétrico. E tem mais, ganhou carta branca!

Como muitos de seus projetos, a inspiração do designer vem de elementos orgânicos da natureza (daí seu apelido “Captain Organic). Tudo para fazer com que suas criações tenham formas “reais”, que remetam a alguma substância viva encontrada no eco-sistema.

Com o carro, isso não foi diferente. Cada detalhe do automóvel foi pensado para exprimir vida, o tema sugerido pela Renault. Observe os detalhes das rodas do carro, que mais parecem com veias do corpo humano. E também o design dos bancos, que são anatômicos para garantir conforto.

A estrutura é toda conectada à tecnologia, outro ponto importante nas criações de Lovegrove. O carro é interconectado por um tablet, que controla as funções do automóvel com um simples deslize dos dedos.

Para mais informações, visite o hotsite da parceria Ross Lovegrove for Renault.