Arq-Fashion

A arquitetura se inspira nas cores e tendências da moda, mas a moda também se inspira nas formas, volumes, e proporções da arquitetura. Isso ficou bem claro nos desfiles de primavera e verão 2013 nas semanas de moda internacionais. Seja nas passarelas de Paris, Nova York, Londres ou Milão, coincidentemente (ou não) várias maisons de moda apostaram no look “arq-fashion” em suas criações. O destaque principal foram as formas geométricas, que roubaram a cena tanto nos looks quanto nos acessórios.

No ready-to-wear:

Grife: Balenciaga

Inspiração: O estilista da grife, Nicolas Ghesquiere, mistura a rigidez das linhas arquitetônicas com o movimento do flamenco espanhol.

Grife: Rodarte

Inspiração: As irmãs e  estilistas Kate e Laura Mulleavy, buscaram referências medievais para brincar com formas geométricas bem definidas.

Grife: Akris

Inspiração: Albert Kriemler, da Akris, conta que se inspirou nos jardins de Burle Marx para criar essa coleção. As cores tropicais mesclam com harmonia nas formas arquitetônicas brasileiras.

Nos pés:

Grife: Fendi

Inspiração: Karl Lagerfeld usou e abusou do color-block, criando sapatos inspirados na arquitetura de Carlo Mollino, que assinou o projeto do teatro Regio di Torino, na Itália.

Na cabeça:

Grife: Antipodium

Inspiração: A grife convidou a jovem arquiteta inglesa Pernilla Ohrstedt, que está fazendo o maior sucesso no momento, para criar um acessório futurístico para o hairstyle das modelos que desfilaram a coleção Summer/Spring 2013.

Nas tote-bags:

Grife: Issey Miyake

Inspiração: Feita com blocos de figuras geométricas, a it-bag “Bao Bao” foi criada para uma mulher moderna, que tem uma vida corrida e que precisa de funcionalidade. A bolsa é flexível e cria novas formas ao se mexer, exatamente o que as formas da arquitetura tentam trazer aos ambientes.

Grife: Marni

Inspiração: Consuelo Castiglioni criou bolsas clean e bem gráficas que passam uma imagem de firmeza e organização. Seus ângulos são retos e bem estruturados – os mesmos que são necessários para um prédio ser erguido – é a bolsa ideal para uma mulher com objetivos a atingir.

E até nas embalagens:

Grife: Donna Karen

Inspiração: A premiada arquiteta Zaha Hadid foi convidada para desenhar a embalagem do perfume Woman Eau de Parfum para a Donna Karen. Mesmo a olho nú, é possível  notar muitas semelhanças entre a embalagem e seu projeto para o Centro de Artes Performáticas em Abu Dhabi.

Como Coco Chanel já dizia, “fashion is architecture.” E nós, não temos dúvidas disso.