Arte nos Alpes

Além de ser destino de quem procura aventura e adrenalina, os Alpes franceses agora também são destino dos apreciadores de arte contemporânea. Desde 2009, durante a temporada oficial de ski que vai de dezembro a abril, Courchevel recebe exposições de arte  a céu aberto sobre as pistas.

Nesta temporada, o artista convidado para expor seu trabalho é o escultor parisiense Richard Orlinski. O artista trabalha um conceito desenvolvido por ele chamado “Born Wild” – onde o instinto primordial encontra a emoção civilizada. Suas esculturas mais conhecidas, e que também estão presente nos Alpes, são as de enormes e coloridos animais selvagens, feitos de resina espelhada – um belo contraste com o branco da neve.

“L’éléphant”, no topo da montanha Les Chenus

Os esquiadores irão ao encontro de obras espalhadas pelas pistas que medem uma média de 3 metros de altura e pesam 450 quilos. As mesmas, que são encontradas nas galerias de arte contemporânea em Paris, vendidas por até 120 mil euros.

Para Orlinski, esse museu a céu aberto de Courchevel é uma oportunidade incrível de apresentar seu trabalho para aqueles que não fazem parte do circuito das galerias de arte. Ele conta que o que mais o impressiona é a reação das crianças ao ver suas obras, “As crianças adoram minha arte porque elas expressam emoções, e parecem vivas.”

“Loup Blanc”, no topo da montanha La Vizelle

 “Wild Kong”,  na Place du Rocher

Para conhecer melhor o trabalho do Richard Orlinski, visite o site do artista.