Benches from Brazil

São banquinhos dos mais variados tipos; modernos, infantis, elegantes, curiosos, confortáveis ou peculiares. A única coisa que eles tem em comum é a brasilidade. A exposição “In Prase of Diversity: Benches from Brazil” traz 60 bancos de autoria brasileira para Amsterdã, na Holanda.

o salão da exposição

Entre os brasileiros, somente dois cariocas foram convidados para participar. São eles o designer Sérgio Rodrigues e o arquiteto Ivan Rezende. O banco “Mú”, criado por Ivan Rezende em 2001, foi executado com restos de cipó da Amazônia. Já o banco Sônia, criado por Sérgio Rodrigues 1997, é de madeira maciça tonalizada.

Sônia, by Sergio Rodrigues

Mú, by Ivan Rezende

Com curadoria da jornalista brasileira Adélia Borges, e situado no modernoso Hotel Droog, a exposição traz ao público uma maneira diferente de se olhar para os bancos– através de uma lente histórica e cultural. A curadora conta que o modo de fazer dos bancos reflete a miscigenação brasileira, e o mix do design indígena e europeu. “A exposição vai mostrar como uma mesma função – o sentar – pode gerar objetos totalmente diferentes entre si. Evidencia-se, assim, que a forma segue, sim, a função, mas vai além, expressando a cultura dos lugares em que os objetos são concebidos e elaborados”, diz Adélia Borges.

Entre os participantes, alguns representates dos povos indígenas brasileiros como Baré, Juruna, Karaja, Mehinako, Suyá, Trumai, Tukano, Waiwai,Wajampi e Waurá.

 E os designers participantes são: André Fontes Torres,  Bete Paes, Carlos Fernando Ekchardt, Carlos Motta, Claudia Moreira Salles, Fetiche, Flávia Pagotti Silva, Genival Santos, Ilse Lang, Ivan Rezende, José Paraguai, Lui LoPumo, Marcelo Rosenbaum, Marcos Paulo Caldeira, Michel Arnoult, Nelson Schiesari, Oliva Design, Patrícia Fernandes, Patricia Naves, Pedro Useche, Rodrigo Almeida, Rodrigo Gonçalves, Rona Silva, Sabrina Arini, Sergio Mattos, Sergio Rodrigues, Severino Borges, Tina LoPumo e Yang da Paz Farias.

A exposição, que tem entrada franca, vai até o dia 21 de outubro, no Hotel Droog, que fica na Staaistraat 7B, em Amsterdam, Holanda.