Da casa dos Jetsons à Casa Cor Rio 2012

Quando criança, Pedro Paranaguá gostava de desenhar casas para os Jetsons. Hoje, mais do que um bom desenhista, transformou-se num dos mais importantes arquitetos do país. Há vinte anos à frente do próprio escritório, faz projetos para todo o  Brasil, quase sempre na área de arquitetura de interiores. Levam sua assinatura lojas como a Osklen, de São Paulo, a Way Design, de Botafogo, a Livraria Argumento e o restaurante Juice & Co, ambos no Leblon, além de diversas residências entre Rio, São Paulo e Búzios.

Projeto de portaria de um empreendimento comercial

Em sua 16ª participação na Casa Cor Rio, ele está fazendo o projeto da Recepção, com patrocínio da Guardian.  Um espaço imenso, logo na entrada da casa que, segundo o arquiteto, ficará  “cheio de reflexos e transparências”.  “Pretendo interferir o mínimo possível na arquitetura original da casa. Mais que isso, vou ampliar ainda mais o ambiente com espelhos e vidros”, adianta. Paranaguá amou a escolha do prédio que vai abrigar o evento deste ano. “Meu espaço fica no térreo, que tem ambientes generosos, com pé direito alto, pisos em mosaico ou em madeira com desenhos incríveis, e um elevador de época que é bem sui-generis”, descreve.

Restaurante da Casa Cor Rio 2010