A trajetória de um craque

Versátil, talentoso, workaholic. Qualidades que caem muito bem em Miguel Pinto Guimarães.  Ele começou a trabalhar ainda adolescente. Antes mesmo de cursar a faculdade. Aos 15 anos, já estagiava no escritório de Cadas Abranches. Depois, trabalhou com Claudio Bernardes. Duas grandes feras da área. Também foi sócio de outro jovem arquiteto, Thiago Bernardes. Junto com o amigo assinou seu primeiro grande projeto, uma casa em Angra.  Miguel tinha apenas 19 anos.

Projeto do restaurante Oro, com iluminação de Maneco Quinderé

Há oito anos comanda o Miguel Pinto Guimarães Arquitetos e Associados. Um dos mais badalados escritórios do Rio. Está envolvido nos mais diferentes tipos de projetos, de construção de casas a decoração de interiores. Ano passado, tirou o segundo lugar no concurso do Parque Olímpico 2012, realizado pelo IAB-RJ.  São dele também os projetos da Casa do Saber, dos restaurantes Fiammetta e Oro, do museu Casa Stefan Zweig, entre outros.